• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Estadual sem fim! Ferj entra na justiça e cobra R$ 17 milhões da Rede Globo por dívida a clubes do Carioca

A Rede Globo e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) ainda vivem um imbróglio por resquícios do Campeonato Carioca. Isso porque, a Entidade acionou a justiça para cobrar R$ 17 milhões da emissora. O valor é referente ao pagamento do que ficou pendente devido ao rompimento de contrato do veículo de TV com o Estadual, que foi finalizado há quase um mês.

A informação, inicialmente divulgada pelo blog do jornalista Rodrigo Mattos, aponta que: “Há um pedido de arresto e custódia de valores da emissora para garantia da quitação do compromisso”. De acordo com o blogueiro, a alegação é de que a emissora vem agindo com “má-fé no rompimento do contrato e, portanto, tentaria não pagar”.

Toda a ‘novela’ envolvendo a briga judicial entre o Grupo Globo e a Ferj, começou logo após o retorno do futebol no estado. Logo assim que a competição voltou, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou a Medida Provisória 984, que passou a dar aos clubes mandantes a prerrogativa de negociarem seus direitos de exibição com mais liberdade.

Com a MP, o Flamengo, único clube carioca que, para o torneio, não tinha assinado contrato com a emissora, resolveu exibir seus jogos dos quais era mandante em seu canal oficial no YouTube, a FlaTV. Na verdade, o Mais Querido aproveitou a oportunidade para testar novos caminhos. Além da FlaTV, o Rubro-Negro experimentou o aplicativo ‘MyCujoo’ e, na final do Carioca, venceu o clássico Fla-Flu para o SBT.

Por consequência disso, a Rede Globo anunciou no dia 2 de julho, a rescisão unilateral do contrato do Estadual que iria até 2024. A emissora, no entanto, afirmou que quitaria o valor restante referente ao contrato de 2020 mesmo não transmitindo mais os jogos dos clubes dos quais ela tinha o direito de exibição adquirido.

Conforme relembrou Rodrigo Mattos, no dia 24 de julho, a Ferj deu entrada na ação com a cobrança. No documento, a federação informou que o valor final a ser quitado é de R$ 17,3 milhões, valor referente à última parcela do Carioca que estava previsto para cinco dias antes da conclusão do campeonato, como diz acordo da Globo e da entidade.

Publicado em colunadofla.com.