| Futebol

Everton Ribeiro nega abatimento no Flamengo após Copa do Brasil, mas fala de derrota: ‘Custa caro’

flameng - Everton Ribeiro nega abatimento no Flamengo após Copa do Brasil, mas fala de derrota: ‘Custa caro’

O Flamengo amargou uma derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, na noite de segunda-feira, pelo Campeonato Brasileiro, cinco dias após a perda do título da Copa do Brasil. Mas no desembarque do time no Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira, os jogadores negaram qualquer abatimento por causa do troféu que não veio. O meia Everton Ribeiro afirmou que o ataque não foi eficiente contra a Macaca e que a derrota “custou caro” ao time na tabela.

– Não nos abatemos com a perda da Copa do Brasil, mas não conseguimos ser eficientes no ataque. Essa derrota nos custa muito caro caro. Temos dez dias para acertar os erros e voltarmos forte par ao resto da temporada – disse o jogador no desembarque.

O mesmo discurso foi mantido pelo zagueiro Réver, capitão do time. O defensor não quis colocar o clássico Fla-Flu como maior prioridade da equipe e deixou claro que todos os jogos serão importantes nessa reta final.

– Acredito que a equipe não esteja abalada porque não conseguimos o título. Sabíamos que o resultado negativo não seria nada bom no retorno. Temos dez dias para trabalhar e ficar calado mais uma vez. Agora, não será só o clássico Fla-Flu o jogo mais importante, mas todas as partidas. Infelizmente, as coisas não saíram como a gente queria. A frustração da torcida é a nossa também. Dependemos de resultados e somos cobrados por isso – disse Réver.

O Flamengo volta em campo no feriado do dia 12 de outubro, contra o Fluminense, no Maracanã, às 17h (de Brasília). O Rubro-negro permaneceu na sétima posição, com 39 pontos, um a menos que o rival Botafogo, que tem 40.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/everton-ribeiro-nega-abatimento-no-flamengo-apos-copa-do-brasil-mas-fala-de-derrota-custa-caro-21901871.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.