"Fui perguntado se eu ficaria feliz em vestir a camisa do Flamengo novamente... Profissionalmente falando, eu como qualquer profissional do futebol, com certeza ficaria muito feliz de jogar num time como o Flamengo novamente... eu que já tive essa oportunidade e prazer... hoje, pela estrutura, por tudo o que o Flamengo representa, pela força... um time gigante que realmente cria um impacto muito grande na carreira de qualquer jogador. Pra mim, seria realmente um prazer vestir o Manto Sagrado. Como flamenguista, cria da base, não poderia ser diferente. Falando de Flamengo, é sempre com um carinho super especial", revelou em entrevista publicada pelo ​Lance!.

Embora tenha balançado as redes nove vezes em 22 jogos como titular em 2017, o atleta não permaneceu na Vila Belmiro. A opção de compra junto ao Yokohama Marinos, do Japão, não foi exercida. Hoje com 29 anos, Kayke é cria das divisões de base do Rubro-Negro. Em sua última passagem, atuou em 16 partidas e marcou seis gols.