• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Ex-Flamengo, Alex Muralha revela ressentimento por críticas da torcida: “Me senti um criminoso”

No último ano, o Flamengo se desvencilhou de algumas peças no elenco que não se encaixavam mais na equipe rubro-negra, como foi o caso de Alex Muralha, ex-goleiro do clube, que estava emprestado ao Coritiba em 2020. Recentemente, o jogador assinou contrato com o Mirassol, de São Paulo e em entrevista ao Globo Esporte, o atleta falou sobre sua passagem no Mais Querido, com polêmicas envolvendo algumas atuações em competições importantes.

Em 2017, Muralha esteve presente como titular no time do Flamengo na disputa pela final Copa do Brasil frente ao Cruzeiro, no Mineirão. Naquela época, o goleiro adotou um método que gerou críticas por parte da torcida rubro-negra. Isso porque, o jogo foi levado para as penalidades e o jogador caiu para o mesmo lado nas cinco batidas dos adversários, sem defender nenhuma cobrança.

– Eu me senti como um criminoso, bandido. Aquele jogo do Cruzeiro ficou muito marcado por ter caído apenas para um lado na decisão de pênaltis. Foi uma escolha minha, estudei e acabou não dando certo. Se desse, a história teria sido outra. 

– Saí do Flamengo em 2017 e até hoje carrego isso. Sei do meu valor, da minha qualidade, mas certas situações vão em um ponto que foge do lado profissional e atinge o pessoal. Muito pesado, hoje soubemos assimilar isso e temos uma cabeça muito boa. Para onde for, o que fizer será muito falado.

Mesmo com altos e baixos, o jogador considera sua passagem pelo Flamengo como positiva. Em entrevista, ele disse que é grato ao Mais Querido pela vivência no clube e pelas oportunidades, como a convocação para atuar na Seleção Brasileira.

– Minha passagem pelo Flamengo considero positiva, para maioria das pessoas talvez não. No meu primeiro ano no clube ficamos quase oito meses sem perder, brigamos pelo título, fui para a Seleção. Fui campeão estadual invicto, brigamos pelo título em todos os campeonatos. O que o Bandeira plantou naqueles anos o clube está colhendo agora. Eu sabia que mais cedo ou mais tarde voltaria a ser o grande clube que deveria sempre ser. Sou grato ao Flamengo.

No Flamengo, Muralha, de 31 anos, até tivera um início promissor, mas falhou seguidas vezes em 2017 e caiu em descrédito com a torcida rubro-negra. Mesmo assim, o goleiro atuou, ao todo, em 75 jogos com o Manto. O clube carioca emprestou o atleta ao Alvirex Niigata, do Japão, em 2018, e ao Coritiba, em 2019 e 2020.

Publicado em colunadofla.com.