Contratado pelo Al-Tadhamon, Lorran passou 45 dias no Kuwait à espera de um visto para jogar na principal liga do país. No entanto, os documentos não saíram e o atleta acabou dispensado pelo clube.

"Eu voltei porque o meu visto de trabalho deu um problema, e eles acabaram me mandando embora. Agora estou mantendo a forma para arrumar um novo clube", disse Lorran, em entrevista ao ​globoesporte.com.

Lorran chegou a fazer parte do elenco do Bangu para o Campeonato Carioca deste ano, mas atuou pouco por conta de problemas com lesões.

​​