| Futebol

Êxitos, impaciências, passionalidades e injustiças

Somente duas de boa qualidade

Nestes dois anos e quatro meses de gestão dos Blues, QUANTOS AVANÇOS, QUANTAS BENESSES verdadeiramente consistentes para O CLUBE MAIS POPULAR DO PLANETA. A volta  da credibilidade há muito tempo perdida, fuga do caos financeiro, administrativo e esportivo impostos por gestões irresponsáveis. Resgate  das Certidões Negativas de Débito CNDs, que emperravam a economia do "MAIS QUERIDO". Hoje pagamos em dia, obrigação durante décadas ausente da vida do clube. Temos a camisa mais valiosa da América do Sul, 90 milhões de Reais por ano e um superavit jamais alcançado nas últimas décadas.Um grande passo também foi a inclusão da Lei de Responsabilidade Fiscal dentro dos meandros do próprio Flamengo, uma forma de se tentar afastar os DIRIGENTES OPORTUNISTAS , que somente pensam nas VANTAGENS DO PODER. A luta contra os DESMANDOS do atual comando da Ferj não se pode deixar de mencionar, uma batalha árdua na tentativa de resguardar os interesses do Rubro-Negro e de salvar o que ainda resta do decadente Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

Poderíamos enumerar outros êxitos de nossos atuais gestores, dirigentes que se transformaram em ESPERANÇA VIVA de um Flamengo cada vez mais FORTE E PUJANTE. Um início de potencializar UM GIGANTE ADORMECIDO, que com este choque de gestão poderá chegar a níveis INALCANSÁVEIS para os seus MAIS FERRENHOS RIVAIS. O que restou de uma mídia comprometida com a ética reconhece os méritos de nossa atual diretoria. 
Todavia o nosso CARRO CHEFE, O TIME DE FUTEBOL, ainda está deixando à desejar. As famosas CONTRATAÇÕES PONTUAIS ou mesmo os chamados TIROS CERTOS ainda estão na base da especulação midiática, distante de uma realidade. Diante disso, surge a passionalidade do torcedor, a ansiedade por NOVAS E CONSAGRADORAS CONQUISTAS no campo de jogo. Neste momento aparecem as INJUSTIÇAS, cobranças desmedidas, alguns talvez saudosos das ENGENHARIAS FINANCEIRAS, irresponsabilidades que traziam craques, porém sem o necessário LASTRO ECONÔMICO para contrata-los e sustentar seus salários, inconsequências populistas que nos levaram ao caos.
Mesmo assim, SEM LOUCURAS, dentro de nossas atuais CONDIÇÕES FINANCEIRAS, temos esperanças de NOVAS AQUISIÇÕES, somente DUAS DE BOA QUALIDADE. Poderemos então, disputar de VERDADE o Campeonato Brasileiro que se avizinha e a continuidade da Copa do Brasil....PELO MENOS TEMOS ESSA EXPECTATIVA...

 

Fla 1 x 0 Icasa

Só valeu pela homenagem ao Ronaldo Angelim. Um amistoso sem graça e com preços abusivos para o interior do Ceará. Cem e duzentos Reais no preço do ingresso é muito dinheiro, o estádio ficou vazio e o jogo foi muito fraco. Uma  partida  arrastada , o time sem motivação e com os defeitos já observados , dificuldades de jogar contra um time postado na defesa. Um magérrimo 1 x 0 com gol de Gabriel e passe do zagueiro Marcelo. Não se precisa falar mais nada...

 

Histórias Rubro-Negras

O "MAGRO DE AÇO"
 
Só existe um Ronaldo na história do Flamengo, o RONALDO ANGELIM...!!!!
 
"Eu me considero um torcedor, jogo com alma. Procuro jogar com raça porque sou flamenguista desde criancinha e o mínimo que posso fazer é correr quando entro em campo". Ronaldo Angelim
 
" Não sou de ter muitas vaidades. Minha maior vaidade é ver o Flamengo vencer". Ronaldo Angelim
 
Chegou humilde como sempre em 2006. Magrinho sem físico para jogar numa zaga, dentro de sua humildade aceitou a reserva , ali permaneceu esperando uma brecha. Nas poucas vezes que jogou nesta ocasião já demonstrou ser o melhor zagueiro do elenco rubro-negro. Mas paciênte esperou pela chance real. Tempos depois assumiria a titularidade e não largaria mais. Foi Tri Campeão Carioca, Campeão da Copa do Brasil e protagonizou em 2009, um dos gols mais importantes da longa e vitoriosa história do clube. O gol da vitória de um Hexa Campeonato Brasileiro. Costumamos dizer: "nunca um gol foi tão merecido ser assinalado por um jogador, como esse de Ronaldo Angelim". Premiou tudo de bom que o "magro de aço" fez em sua estada no "mais querido do Brasil". No Flamengo Angelim marcou 17 gols, em toda a sua carreira profissional 62 gols, tem muito atacante que não chega a esses números. 
Hoje depois de parar com o futebol profissional, Ronaldo Angelim se tornou uma espécie de embaixador rubro-negro em terras nordestinas, sempre presente nos jogos de seu time de coração. Ontem foi homenageado por ocasião do encontro Flamengo x Icasa no seu Ceará. Todas as homenagens ao "MAGRO DE AÇO" . O nosso ÚNICO RONALDO MERECE!!! SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.