| Futebol

Exposição de relíquias Rubro-Negras atrai torcedores à Gávea

Colecionadores apresentaram relíquias da história do Flamengo

Neste sábado (07), no Salão Nobre da sede social do clube, ocorreu a exposição do FlaCultural, que reuniu as mais variadas relíquias ligadas à história do Mais Querido. Diversos artigos foram expostos no evento. Camisas, ingressos antigos, faixas, jornais com notícias sobre o Flamengo, chaveiros, fotos e diversos outros itens puderam ser apreciados pelos visitantes. 

O clube disponibilizou alguns dos troféus mais importantes da história como parte da exposição. Ao lado deles foi montado um projetor através do qual, durante todo o dia, foram exibidos diversos gols fundamentais para essas conquistas. Muitos dos torcedores que visitaram o local pararam por alguns minutos para assistir aos momentos, conversando sobre os jogadores e as equipes do passado.

Daniel Rosenblatt, do Patrimônio Histórico do Flamengo e idealizador do evento, falou sobre a exposição.

"Esse é um evento básico da essência Rubro-Negra. O departamento de Patrimônio Histórico vem desenvolvendo um trabalho de armazenamento e catalogação de seus acervos e, infelizmente, ele ainda não é tão grande. Eu tenho amigos que têm coleções particulares, esses tem outros amigos, que também têm suas coleções e 90% deles são sócios do clube. Eles estão sempre me ajudando nesse departamento, de maneira direta ou indireta", disse Daniel, que também contou como surgiu a ideia da exposição. "Nas arquibancadas, ginásios e quadras, nós vínhamos conversando sobre organizar algo legal, um evento para poder mostrar aos torcedores mais jovens os uniformes, fotos e diversos outros artigos".

Craques do passado e dirigentes do clube também prestigiaram o evento. Daniel expressou a satisfação por receber tantas presenças ilustres e tantos outros torcedores de gerações diferentes.

"Passaram aqui ex-jogadores que ao ver o uniforme, lembravam do passado. Dirigentes que ainda tem alguns dos modelos de camisa expostos. São tantas histórias... E nesse tipo de evento estão reunidas diversas gerações. Chegaram senhores de 80, 90 anos, jovens com menos de 10. Pessoas que nasceram em diversas décadas, e todos irremediavelmente Flamenguistas. Cada um vive o Flamengo de uma forma, cada um tem um ídolo especial e isso faz com que sejamos essa Nação de mais de 40 milhões de torcedores.", completou.

Foi uma verdadeira viagem no tempo para os mais de 700 visitantes que vieram à Gávea.

* Sob a supervisão de Ricardo Taves

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/23348/exposicao-de-reliquias-rubro-negras-atrai-torcedores-a-gavea

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.