| Futebol

Falha no encanto?

flameng - Falha no encanto?

Após o empate no tão aguardado retorno ao Maracanã, o cheirinho de hepta do Flamengo parece querer começar a se dissipar no ar, o que está acontecendo com aquele encanto?

Na verdade o time não está jogando mal, apesar dos dois últimos resultados negativos. Entretanto, o Flamengo desperdiçou 5 pontos, que para um time na luta pelo título brasileiro é um golpe duríssimo, justamente nessa altura do campeonato.

O Flamengo ainda briga pelo título, o Atlético-MG será o fiel da balança, e pode colocar o ‘mais querido’ novamente na rota do hepta. Ganhar dos caras lá em Minas é uma missão inglória, mas chegar assim, sem favoritismo nesse confronto, faz parte do encanto.

Sim… Aquele velho encanto rubro-negro, pois eu nunca vi o Flamengo entrar como favorito em uma competição, e no final levantar a taça, talvez na década de 80, e nos Cariocões da vida, mas de resto foi sempre no ‘deixou chegar’, ‘estão deixando a gente sonhar’, e afins…

Não gosto de usar 2009 como parâmetro, já que ali tudo conspirou inexplicavelmente a favor do Flamengo, mas o ano do hexa ilustra muito bem esse tal encanto rubro-negro, crescendo na hora certa, tornando-se líder apenas na última rodada, e conquistando o título.

Em 2013 brigávamos para evitar o pior no Campeonato Nacional, mas a reabertura do Maracanã trouxe o encanto de volta, se entramos em campo como zebra nas oitavas da Copa do Brasil daquele ano, entramos em campo na final como o Bicho Papão.

Nesse ano começamos a temporada apenas com objetivo de nos classificarmos para a Libertadores da América de 2017. Com a saída de Muricy, e os resultados negativos do time, parecia que iríamos fracassar nesse planejamento, e o meio de tabela seria o ponto final do Flamengo em 2016.

Mas aí veio Zé Ricardo, com aquele famoso encanto do treinador prata da casa, assim como Andrade em 2009, e Jayme de Almeida em 2013. Ele foi conquistando as vitórias, foi encorpando o time, e rapidamente o Flamengo mudou de patamar na temporada.

Se em 09 e 13 o Flamengo chegou ao seu ápice no momento derradeiro, em 16 parece que o apogeu rubro-negro veio precocemente. Muitos já botavam o Flamengo como o favorito ao título, e de fato parecia que ninguém conseguiria segurar mais.

Ficou nítido que o próprio time passou a jogar como se o resultado fosse chegar naturalmente, mas a bola pune. Esforço-me para não acreditar que o time agora está em viés de baixa, talvez um declínio técnico, mas certamente um declínio decisivo.

O Flamengo precisa entrar com mais espírito de decisão em campo, não pode dar mole para Kojak, tem que matar as partidas, o encanto não joga sozinho, ele é um luxuoso auxílio, mas a competência continua sendo o principal ingrediente dos êxitos.

Agora, parece que o encanto está de volta, pois já começaram a falar por aí que tirar essa diferença de 6 pontos é impossível, é nessas horas que o Flamengo é mais Flamengo.

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!

Vinny Dunga
vinny.dunga@colunadoflamengo.com

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2016/10/falha-no-encanto/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.