Como está liberado para voltar a jogar no dia 3 de maio, o regulamento da Fifa prevê que o atleta pode retornar aos treinos 45 dias antes do fim da pena, ou seja, nesta terça-feira. O contrato de Guerrero com o Flamengo, que estava ​suspenso desde janeiro, foi reativado na última semana.

O Flamengo e o atacante ainda vivem a expectativa de conseguir a absolvição de Guerrero em julgamento que deve acontecer em abril na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Caso isso não aconteça, o peruano estará disponível para atuar no dia 6 de maio, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. Ainda em maio, nos dias 16 e 23, o Rubro-Negro enfrenta o Emelec e o River Plate pela Copa Libertadores.

​​

​​