| Futebol

Familiares, Wallace impossível e alívio na concentração: Fla renova forças

Técnico Vanderlei Luxemburgo reduz período de isolamento, zagueiro faz a festa no treino recreativo e jogadores recebem visitas na véspera do confronto no Maracanã

Na busca para deixar a lanterna do Campeonato Brasileiro, o Flamengo usa de todas as armas possíveis para se recuperar. Na véspera do confronto com o Sport, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, alguns jogadores receberam amigos e parentes no Ninho do Urubu e se divertiram em um animado treinamento recreativo, que teve Wallace como personagem principal.
 
A prática de permitir visitas nos treinamentos de sábado já vinha sendo feita com Ney Franco no comando. No entanto, essas atividades vinham sendo realizadas com os portões fechados. Filhos de Deivid e Alecsandro, parentes de Mugni, um amigo de Paulinho e até familiares do presidente Eduardo Bandeira de Mello estiveram no local.
 
Eles puderam acompanhar o recreativo que contou com Wallace como comandante. O zagueiro se divertiu com a vitória de seu time, gritou olé e perturbou a vida dos adversários. Foi até advertido pelo preparador físico Marcelo Martorelli para pegar leve.
 
No fim da atividade, os jogadores foram para a concentração. Ao contrário do que aconteceu nos dois primeiros jogos com Luxemburgo no comando, o time se concentrou apenas na véspera. Contra Botafogo e Chapecoense, o período de isolamento foi iniciado dois dias antes.
 
A única  preocupação do treinamento foi o volante Cáceres. O jogador ficou fora do recreativo para fazer um tratamento na coluna. No entanto, não deve ser problema para enfrentar o Sport. Samir, Gabriel e Felipe são as baixas atualmente no grupo por lesão.
 
Com 10 pontos, o Flamengo é o lanterna do Campeonato Brasileiro. Mesmo que vença  o Sport, vai permanecer na zona de rebaixamento, pois há uma diferença de 12 gols de saldo em relação ao Botafogo.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.