| Futebol

Feliz com volta ao time, Mancuello brinca com Damião: "Não gosto dele"

Meia lembra de ver futuro reforço do Flamengo ser o carrasco do Independiente em 2011, na decisão da Recopa Sul-Americana pelo Internacional

flameng - Feliz com volta ao time, Mancuello brinca com Damião: "Não gosto dele"

Mancuello precisou esperar 38 dias para voltar a ser titular do Flamengo. Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, no último domingo - quando deu o passe para Felipe Vizeu abrir o placar -, o argentino foi só alegria. A ponto de fazer piada com a chegada de Leandro Damião, que termina os exames nesta quarta e será apresentado na quinta-feira.

- Eu não gosto dele, porque jogou no Inter e ganhou do Independiente - brincou.

Ele se referiu à Recopa Sul-Americana de 2011, quando Damião marcou três gols em duas partidas contra o Independiente <b>(veja os dois gols no Beira-Rio abaixo)</b>. Mancuello, na época, estava emprestado ao Belgrano e, por isso, não participou do confronto. Mas não deixou de sentir a derrota e se "indignar" com o carrasco de seu time de coração:

- Sou torcedor e lembro bem. Damião é um jogador bom, mas ainda não é jogador nosso. Então, não posso falar nada sobre ele.

Apesar do período sem muitas oportunidades, Mancuello garante que jamais esteve insatisfeito. O meia revelou que entrou em campo para enfrentar o Atlético-MG com febre e que nunca sentiu-se preterido por Zé Ricardo.


- Quando conversamos, falei para o treinador que estava aqui para ajudá-lo. É sua primeira experiência no profissional, então, eu disse que o apoiaria e que não tinha pressão de me colocar para jogar. Todos querem que o Flamengo fique lá em cima da tabela - explicou.

Mancuello deixou para Zé Ricardo a possível disputa com Alan Patrick no meio-campo, mas ressaltou a importância de uma equipe poder atuar com diversas formações, embora segundo ele haja pouco para treinos. Além disso, o argentino afirmou poder se adaptar a mais de uma posição, assim como espera ver o compatriota Donatti se adaptar rapidamente ao Flamengo.

- Agora já somos cinco falando espanhol (Mancuello, Donatti, Canteros, Guerrero e Cuéllar). É bom por causa da adaptação. Somos pessoas com os mesmos costumes. Estamos fazendo esforço para o Donatti começar a falar português, mas está difícil - disse entre risos.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/feliz-com-volta-ao-time-mancuello-brinca-com-damiao-nao-gosto-dele.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.