| Futebol

Fervilha a política Rubro-Negra.

Poderia tudo isso ser diferente

Agora o racha é pra valer. O presidente Bandeira tentará a reeleição, o Walim será o candidato dissidente do Grupo denominado BLUES. Muitas vaidades, muitos personalismos em detrimento da unidade do grupo, que fôra formado para dar uma nova roupagem ao Flamengo. 

Quando do veto ao Walim no pleito de 2012, muitos ficaram apreensivos, porém nós percebíamos ali um grupo e não uma candidatura personalista, o Bandeira surgiu como candidato substituto daquele que o estatuto do clube não permitia, a Chapa Azul venceu a eleição. Finalmente a CORJA estava alijada do processo administrativo do "mais querido", assim como outras figuras que quase nos levaram a insolvência.
Começou assim uma nova era no Flamengo, dívidas foram sendo pagas, novos patrocinadores foram surgindo, a credibilidade foi voltando depois de décadas de ausência, CNDs pagas, dívidas trabalhistas que se arrastavam no rubro-negro, quase todas saldadas. Enfim, avanços significativos, além das questões da firmeza em contrapor as arrogâncias da Ferj, CBF e afins. Não se pode deixar de mencionar a Lei de Responsabilidade Fiscal, que teve no presidente Bandeira uma liderança preponderante para ser posta em prática, com este benefício chegando também ao estatuto do Flamengo. Também no fundamental processo da MP do Futebol aprovada no Congresso Nacional, o presidente foi também um líder. O ST finalmente saiu do papel, ganhou as ruas trazendo mais recursos para os cofres do clube. 
No futebol, temos nossas críticas, inclusive e principalmente em tempos de Walim Vasconcelos a frente do nosso carro chefe, todavia acreditando na falta de experiência para lidar com o complexo mundo da bola e não má fé. 
Em fevereiro deste ano, eis que o Bap VP de Marketing surpreende e saí da diretoria. Com sua costumeira arrogância deita falação principalmente em relação ao presidente Bandeira, afirma que o mandatário não cumpre com questões previamente acordadas, não vê firmeza nele em relação as questões com relação a Ferj e outras questiúnculas menores.  
Segundo dizem, haveria um acordo do Grupo Azul ao final do mandato escolher o novo candidato, e não necessariamente o atual presidente tentar a reeleição. O presidente Bandeira rebate esta premissa e diz que posteriormente houve um compromisso firmado de que ele seria novamente o candidato. A discórdia está aí, certamente o atual presidente está se sentindo REJEITADO, o Bap afirma em alto e bom som, com o Bandeira NÃO!!! Realmente uma situação constrangedora, como fica o presidente Bandeira diante desta situação? 
Na realidade, aquele grupo coeso de antes não existe mais. Houveram cisões. A partir daí, qualquer acordo anteriormente estabelecido fica comprometido. Assim sendo, não existe quebra de acordo na insistência de Bandeira de Mello em seguir como candidato a mais um mandato no Flamengo. 
Muitos dos nossos torcedores temem pela volta da CORJA ou similares, particularmente achamos difícil, mas existe apreensão no ar. Os rumos ainda são nebulosos, poderia tudo isso ser diferente. 
Dizem que haverão novas dissidências engordando a Chapa Walim/Bap, o perigo é o presidente Bandeira perder quadros importantes ainda nesta gestão, porém até o momento ninguém foi destituído das Vices Presidencias, ninguém também pediu pra sair. 
O QUE ACHAM OS AMIGOS DO FLAMENGORJ ? 

 

Flamengo x Goiás

Estaremos sem o Emerson Sheik, desfalque importante, ainda não teremos o goleiro P.Vitor, cogitado para este jogo, mas ainda sem condições, agora surgiu o desfalque do Wallace com dores lombares. Precisamos da vitória, para obtermos uma boa sequência e regularidade no campeonato. Uma busca incessante da consistência, do equilíbrio e da eficiência, pois ainda poderemos sonhar com voos mais altos neste brasileirão. Tivemos uma semana cheia, o Cristóvão certamente teve mais tempo para entrosar  o time, ensaiar jogadas, corrigir posicionamentos. O Goiás trocou de treinador, está na zona de rebaixamento, também precisa pelo menos pontuar, teoricamente não será um jogo fácil, aliás não existe jogo fácil neste Campeonato Brasileiro. Precisamos da determinação, da intensidade do jogo contra o Grêmio. O time ainda não foi escalado, mas arriscaria hoje um meio campo mais ofensivo com Cáceres, Canteros, Alan ou Maia e Everton, se houver  entrega, com todos ajudando na marcação, teremos um time mais ofensivo e sem comprometer o sistema defensivo. Apesar das dificuldades, estamos convictos de uma boa vitória.....que assim seja.

 

História Rubro-Negra

Esta semana morreu Rodrigues Neto, jogador que soube honrar o manto rubro-negro, desde daquele campeonato de juvenis que ganhamos  em 1967, onde lhe faziam companhia jogadores como Dionísio, Zequinha, Arilson, L.Carlos entre outros. Foi um polivalente, jogava indistintamente em diversas posições, somente com a chegada de Zagalo ao Flamengo em 1972 fixou-se na lateral esquerda do time, por ali chegou a seleção. Não era um jogador de grande talento, sua técnica era regular, mas tinha um grande sentido de marcação, muita garra e um forte chute com a perna direita. No Flamengo, seus principais títulos foram os cariocas de 72 e 74, a Taça GB de 70 separada na ocasião do carioca. Também ganhou o Torneio do Povo em 72 além de uma infinidade de torneios. Num dos chamados troca trocas patrocinados pelo presidente do Fluminense Francisco Horta, foi jogar no time das Laranjeiras. Rodrigues Neto, Doval e Renato (goleiro) pra lá e Roberto ( goleiro ) , Ze Roberto e Toninho pra cá. Bem espertinho este Horta, uma transação bem favorável ao time tricolor. Por lá foi Campeão Carioca em 76 e depois em nova troca foi parar no Botafogo, pra variar, por lá não ganhou nada, porém foi titular na Copa de 78 onde o Brasil saiu invicto e com o terceiro lugar. Depois chegou a jogar no Boca Junior da Argentina , Ferrocarril da Argentina, Inter de Porto Alegre e finamente encerrou a carreira no modesto São Cristóvão do Rio. No Flamengo marcou 29 gols......Foi um jogador que marcou época no rubro-negro, sua saída para o Fluminense, deu condições pro Júnior que jogava na lateral direira, ir para a lateral esquerda e se tornar o maior do mundo na posição.....Valeu Turíbio, você honrou o "manto sagrado" rubro-negro...

SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.