Embora não haja nenhuma admissão oficial, o site ​GloboEsporte revelou que já existem conversas para que o peruano permaneça na Gávea por mais tempo que o atual vínculo. Seu contrato é válido até agosto de 2018, mas a intenção é que o atleta estenda por mais duas temporadas.

Com 33 anos, Guerrero já se vê adaptado ao Rio de Janeiro e à forma de trabalhar no clube da Gávea. A vontade parece ser mútua, assim como a compreensão do seu peso para a equipe:

"O objetivo é sair campeão. Vou trabalhar para o time. Quem faz o gol não importa. Se fizer gol, melhor ainda. Sair artilheiro, para todo centroavante, é uma grande coisa. Mas eu estou trabalhando com respeito ao time. Tento ajudar o time. Quando puder fazer gol, vou fazer", disse o atacante em abril.

Paolo já tem 28 jogos e 17 gols pelo Rubro-Negro em 2017. É, sem sombra de dúvidas, o seu melhor ano desde que mudou de ares em meados de 2015.