• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Ficou claro que o Domènec ainda não conhece bem os jogadores”, analisa Mauro Cezar

Domènec Torrent estreou no comando do Flamengo com uma derrota por 1 a 0 para o Atlético Mineiro, no último domingo (09). A partida, válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, teve gol marcado por Filipe Luís, contra. Durante o jogo, Dome chegou a ter cinco atacantes em campo. Ao analisar o duelo, o jornalista Mauro Cezar Pereira, no podcast ‘Posse de Bola’, do Uol Esporte, afirmou que, para ele, o fator crucial que levou o Mais Querido a derrota foi a falta de conhecimento do catalão no que diz respeito às características de cada jogador.

Segundo Mauro, usar cinco atacantes em campo, até faz parte de um estilo próprio de Dome, aprendiz de Pep Guardiola. Entretanto, as substituições foram equivocadas. Isso porque, o treinador tirou Everton Ribeiro, Arrascaeta e, por fim, Gerson. Ou seja, a equipe rubro-negra ficou praticamente sem meio-campo e sem seus homens de criação. O comentarista ainda afirma que, neste primeiro momento – de adaptação de Domènec à frente do elenco – seria válido o, até então técnico interino, Maurício Souza, ficar ao lado de Dome.

O técnico demonstrou falta de conhecimento das características dos jogadores, eu acho que ali vale uma discussão interna, por que o Maurício Souza, que é o auxiliar fixo. Ele treinou os jogadores desde a saída do Jorge Jesus, por que ele não ficou ali do lado do Domenec? Ele tinha que ficar do lado trocando ideias, para entender melhor, porque quando ele coloca os cinco, eu entendi que ele imaginava o Vitinho, o Vitinho pode jogar no meio e ontem era um 4-2-4, na verdade, era o Vitinho com o Arão, o Bruno Henrique, o Michael, o Gabigol e o Pedro -, disse, antes de completar:

Fiquei pensando, talvez ele tenha imaginado o Bruno Henrique articulando ali, o Bruno Henrique buscou a bola ali na intermediária ofensiva, só que não são jogadores com essa característica, então para mim ficou muito claro que ele não conhece os jogadores com a profundidade necessária, para saber ‘esse cara faz essa função, posso utilizá-lo em outra’, isso vai levar tempo, então talvez fosse bom ali ter um anjo da guarda do lado, poderia ser o Mauricio Souza -, finalizou.

Virando a chave, o Flamengo entra em campo novamente nesta quarta-feira (12), para enfrentar o Atlético-GO, fora de casa, no Olímpico. A bola rola às 20h30 (horário de Brasília), com transmissão exclusiva do Premiere. O duelo é válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e o Rubro-Negro, atual campeão da competição, vai em busca de seus primeiros três pontos em busca do ‘octa’.

Publicado em colunadofla.com.