A suspensão do atacante ainda dura mais 45 dias, mas agora pelo menos o peruano terá liberdade absoluta para retomar a forma sob supervisão total da comissão técnica rubro-negra. Há mais de um mês, o jogador vinha fazendo trabalhos independentes na Argentina, então o déficit físico não é tão grande assim.

Recuperando totalmente a forma, Guerrero é opção para os dois últimos jogos da fase de grupos da Copa Libertadores, contra o Emelec, no Rio, e contra o River Plate, em Buenos Aires.

>>> Veja também: Flamengo deve ter importante retorno na semifinal da Taça Rio

​​