• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

“Filho da p*”: Árbitro explica expulsão de Natan durante Racing x Flamengo

Na Argentina, Flamengo e Racing empataram por 1 a 1 no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. Em uma partida recheada de polêmica e gols anulados, o Rubro-Negro terminou o duelo com dois jogadores expulsos. Aos 35 minutos do segundo tempo, Thuler recebeu cartão vermelho após entrada forte em Lisando Lópes. A expulsão esquentou a partida e o zagueiro Natan, que estava no banco de reservas, também foi punido com vermelho.
Alexis Herrera, árbitro da partida, relatou em súmula a justificativa para o cartão vermelho a Natan. De acordo com o juiz, o zagueiro xingou a arbitragem da partida: “Gritar palavras e fazer gestos insultando a arbitragem. ‘árbitro filho da put*'”. A informação foi primeiramente divulgada pelo jornal O Dia.
Ao fim da partida, Bruno Henrique concedeu uma entrevista e criticou a arbitragem de Alexis Herrera. O atacante do Flamengo questionou a expulsão de Thuler. O zagueiro havia recebido apenas o cartão amarelo, no entanto, após checagem no VAR, o árbitro venezuelano retirou a punição simples e aplicou o cartão vermelho.
– O Lisandro (atacante adversário) disse que era uma falta para amarelo. A decisão é dentro de campo. Não dá pra entender se é o VAR ou se é o juiz que apita. Todo mundo viu que foi uma falta normal. Fica difícil. Mas nosso time está de parabéns pela partida. Temos mais 90 minutos para conseguir a classificação
Com a expulsão de Thuler e Natan, as opções para a zaga estão reduzidas para o próximo confronto contra o Racing. Por enquanto, os zagueiros disponíveis são Gustavo Henrique, Léo Pereira e os jovens Noga e Otávio, isso porque Rodrigo Caio está se recuperando de lesão e ainda é dúvida. O duelo de volta acontece na próxima terça (01), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília).

Publicado em colunadofla.com.