• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • OCTACAMPEÃO BRASILEIRO

Filipe Luís e Renê revelam superstição para adversários perderem gols contra o Flamengo

O Flamengo vem utilizando cada vez mais a FlaTV, canal oficial no YouTube, como forma de interação do clube com os torcedores. Desta vez, a programação incluiu uma resenha entre Filipe Luís e Renê, que ficaram jogando video-game e aproveitaram para falar sobre superstições durante os jogos do Mais Querido.

Os laterais rubro-negros revelaram uma superstição para os adversários perderem gols contra o Flamengo. Renê abriu o jogo e contou que Filipe Luís foi quem introduziu essa ‘artimanha’ no elenco e, a partir disso, a maioria dos atletas utilizam. Para os dois, a força está na palavra ““Kiricocho, Kiricocho”. 

Filipe Luís admite não acreditar tanto na maldição, no entanto, utiliza da mesma forma, visto que tem funcionado durante as partidas do Flamengo. O lateral, inclusive, revela que quando erra um passe, já grita a palavra, para o adversário não aparecer na cara do gol de Diego Alves. Renê, por sua vez, comentou que sempre grita do banco de reservas para ajudar o time.

CONFIRA A RESENHA:

 

 

 

Cabe destacar que, apesar de Filipe Luís e Renê utilizarem desta artimanha, o Flamengo já foi alvo desta superstição. Na época, Gabigol foi o personagem na história. Isso porque, o atacante rubro-negro foi cobrar um pênalti contra o Vélez Sarsfield, pela fase de grupos da Libertadores 2021, e o goleiro Hoyos tentou utilizar ‘Kiricocho’ contra o camisa 9, no entanto, não surtiu efeito, visto que a penalidade foi convertida.

A HISTÓRIA DE ‘KIRICOCHO’

A lenda surgiu nos anos 80. Na ocasião, Kiricocho se tratava de um torcedor ‘azarado’ do Estudiantes de La Plata. Para os argentinos, sempre que ele estava na arquibancada, o time acabava perdendo. A má fama ganhou tanta proporção que o técnico Carlos Bilardo passou a levar Kiricocho junto à delegação, para que ele cumprimentasse os adversários.

Coincidentemente ou não, o Estudiantes acabou campeão argentino em 1982. Sendo assim, a lenda segue até os dias atuais. Difundida pelos argentinos, a superstição acredita que é possível atrair azar para o adversário quando se grita ‘Kiricocho’.

Publicado em colunadofla.com.