| Futebol

Fla anuncia retorno de obras no Ninho e prevê conclusão em 10 meses

Clube consegue captar cerca de R$ 12 milhões para finalizar construção dos módulos 16 e 17, destinado para o futebol profissional, além de toda urbanização do CT

As obras do Ninho do Urubu, enfim, voltarão a andar. Depois de quase dois anos de paralisação, o Flamengo anunciou nesta sexta-feira que conseguiu parceiros para o investimento dos R$ 12 milhões necessários para conclusão dos módulos destinados ao futebol profissional. Profissionais vão reiniciar os trabalhos na próxima segunda-feira, e a expectativa é de conclusão em dez meses.

Empresas do ramo de bebidas e de construção civil serão as principais responsáveis pelo retorno das construções. O Flamengo projeta também concluir toda urbanização do centro de treinamento em, no máximo, cinco meses. A parte destinada aos profissionais fica nos módulos 16 e 17 do Ninho, próximo ao campo 5. No 16 serão construídas 24 suítes, dispensa, cozinha, auditório, sala para o técnico e biblioteca. Já no 17 ficarão os vestiários, fisiologia, parque aquático, sala de imprensa, entre outras coisas.

- Depois de quase dois anos de obras paralisadas, conseguimos finalizar a captação de recursos e coincidentemente com o retorno do Luxemburgo. Semana que vem, voltam as obras nos módulos 16 e 17, que atendem o futebol profissional. Tínhamos um cuidado de não começar e parar. Agora, temos parcerias para retomar e previsão de conclusão em dez meses - anunciou o vice-presidente de patrimônio, Alexandre Wrobel.

O Rubro-Negro aproveitará toda estrutura que já está construída e serão necessários apenas reparos para o retorno efetivo das obras. Os trabalhos no CT foram interrompidos ainda na gestão Patrícia Amorim, em agosto de 2012, por falta de verba.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.