O camisa 35 chegou ao Flamengo no meio do ano passado e foi peça fundamental na boa campanha do time no segundo turno do Brasileirão. Em 2017, especialmente após a lesão no joelho, Diego não conseguiu apresentar o mesmo futebol que o levou a ser convocado por Tite e ainda falhou em momentos decisivos da temporada, como na decisão por pênaltis da Copa do Brasil, diante do Cruzeiro.

Everton Ribeiro, por sua vez, foi contratado por R$ 22 milhões no segundo semestre deste ano e chegou a empolgar os torcedores com boas atuações - principalmente no clássico contra o Vasco em São Januário, no primeiro turno do Brasileirão. No entanto, o camisa 7 também caiu de rendimento, mas segue ao lado de Diego como grande esperança do Flamengo para conquistar a Copa Sul-Americana.

​​