| Futebol

Fla bate recorde com preço de Jorge, mas reacende debate: mau vendedor?

Venda do lateral de 20 anos foi a maior da história do Rubro-Negro, mas é apenas a 29ª entre os jogadores negociados por clubes brasileiros desde 2010

flameng - Fla bate recorde com preço de Jorge, mas reacende debate: mau vendedor?

Com a venda de Jorge para o Monaco, o Flamengo chegou ao maior valor de um jogador negociado em sua história: € 9 milhões (R$ 30,5 milhões). Dono de 70% dos direitos econômicos, o Rubro-Negro ficará com € 6,7 milhões (R$ 22,7 milhões). O clube oficializou e divulgou o valor da negociação do atleta de 20 anos no início da madrugada desta sexta-feira, mas ao longo de toda a quinta-feira o preço de Jorge gerou questionamentos de torcedores nas redes sociais. Foi um bom negócio ou o Flamengo poderia ter cobrado mais? A comparação com outras operações do futebol brasileiro aumenta o debate em torno do decisão da diretoria rubro-negra e reacende a questão sobre o histórico de grandes vendas do clube: o Flamengo é um mau vendedor? Apesar de ser a maior venda já alcançada pelo clube, ela ocupa apenas a 29ª colocação entre atletas negociados por equipes brasileiras, segundo o site Transfermarkt (confira a lista completa no fim da matéria). Na análise, foram levados em conta dados de transferências a partir de 2010.  



Entre os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, o único que está atrás do Flamengo nesse quesito é o Vasco da Gama. A maior venda do clube de São Januário de 2010 para cá foi a do volante Romulo, que hoje é jogador do Rubro-Negro. Em junho de 2012, Rômulo acabou negociado com o Spartak Moscou por € 8 milhões (o equivalente a R$ 20,7 milhões na época). O Botafogo, com a transferência de Vitinho, embolsou mais do que o Fla: € 9,5 milhões quando negociou o atacante com o CSKA da Rússia na temporada 2013/2014 do calendário europeu.

O Fluminense aparece no topo da lista dentro do Rio. O clube tem um jogador mais valioso que o garoto do Flamengo: o meia Gerson, vendido por € 16,6 milhões para o Roma nesta temporada. Na venda do atacante Wellington Nem, o Tricolor alcançou o mesmo preço conseguido pelo Flamengo com Jorge. Ele custou € 9 milhões ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em 2013/2014.

Se considerarmos somente os defensores negociados pelos times brasileiros nos últimos sete anos, o Flamengo passa a ocupar uma posição melhor no ranking das transferências, mas ainda é superado por Santos, Atlético-MG, Grêmio e Cruzeiro. Jorge aparece em quinto lugar, atrás do lateral Danilo (do Santos para o Porto, por € 13 milhões), do zagueiro Jemerson (do Atlético-MG para o Monaco, por € 11 milhões), o lateral Mário Fernandes (do Grêmio para o CSKA, por € 10,5 milhões) e zagueiro Wallace (do Cruzeiro para o Braga, por € 9,5 milhões).

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2017/01/fla-bate-recorde-com-preco-de-jorge-mas-reacende-debate-mau-vendedor.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.