| Futebol

Fla confirma lesão de Diego, que pode perder fase da Libertadores e Estadual

flameng - Fla confirma lesão de Diego, que pode perder fase da Libertadores e Estadual

O chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure, confirmou que o meia Diego sofreu uma lesão leve no ligamento colateral do joelho direito, durante jogo com o Atlético-PR. O prazo de recuperação não foi estimado, mas o craque corre risco de perder toda a primeira fase da Libertadores e as finais do Campeonato Estadual.

- Diego teve um entorse no joelho direito. Foi realizado exames de imagem, que realmente confirmaram o diagnóstico oinicial, teve uma lesão do ligamento cruzado medial, e do menisco medial. Vai ser submetido a uma artroscopia. Leva em torno de quatro a seis semanas para ter o retorno às atividades. Mas não vamos estipular prazo - disse Tannure.

Apesar de um problema menos grave do que o possível para lesões do gênero, Diego precisará de um tempo de recuperação que prevê um período sem atividade e, posteriormente, uma gradativa transição até alcançar novamente a parte física e o ritmo de jogo ideal. Esse é o protocolo usado pelo Centro de Excelência em Performance, que só devolve o jogador aos treinamentos com bola quando ele estiver 100% fisicamente.

Assim foi feito com Dario Conca, que entrou em abril na fase final de recuperação, integrado ao grupo e participando de treinos com bola. O argentino, aliás, pode aparecer justamente nas últimas rodadas da primeira fase da Libertadores e se tornar um bom substituto caso Diego não se recupere a tempo. Além de Conca, o próprio Ederson, mais avançado na recuperação, é opção adiante.

No momento, Mancuello, Lucas Paquetá e Matheus Sávio são as alternativas para o jogo contra o Botafogo, no dia 23, pela semifinal do Estadual, próximo compromisso do Flamengo.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/fla-confirma-lesao-de-diego-que-pode-perder-fase-da-libertadores-estadual-21206794.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.