Com 13 gols marcados e apenas quatro sofridos (saiu de campo em sete partidas sem sem vazado), o Fla de Rueda já possui uma consistência defensiva e, aos poucos, evolui nos aspectos ofensivos. Mas... “Ainda devemos crescer mais. Cada jogo é mais difícil. Para atingir os objetivos que queremos, precisamos melhorar sempre”, disse o técnico.

E a meta está mais do que clara: chegar 100% preparado para a decisão da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, diante do Cruzeiro. Precisando vencer no Mineirão para ficar com a taça (empate leva a definição do campeão para os pênaltis), a equipe ainda tem o Avaí pela frente, pelo Brasileirão, antes da viagem para Belo Horizonte. “Temos de ter o controle mental para encarar este compromisso e depois chegarmos em alto nível na final”, completou o colombiano. Mas que o Flamengo melhorou, ah, isso é fato.

​​