| Futebol

Fla já discute novo contrato para Vinicius Junior; Barça quer prioridade

Rubro-Negro tem intenção de ampliar vínculo com promessa de 16 anos até 2020 e tem reunião com representantes do jogador para a próxima semana

flameng - Fla já discute novo contrato para Vinicius Junior; Barça quer prioridade


O Flamengo está trabalhando nos bastidores para se proteger ainda mais do assédio europeu ao atacante Vinicius Junior. A diretoria já discute a renovação do atual contrato da promessa de apenas 16 anos, que vai até o fim de 2019. A ideia é prorrogá-lo até 2020 - antes de completar 18 anos os contratos profissionais só podem ter três anos de duração. Uma reunião, inclusive, está prevista para a próxima semana entre o clube e a Traffic, representante do jovem atleta.

Apesar da lei não permitir saída de jogadores até completar 18 anos, o Flamengo tem a concorrência do Barcelona. O gigante espanhol, com a ajuda do empresário André Cury e até com Neymar, quer adquirir a prioridade da promessa por até 2 milhões de euros (cerca de R$ 6,6 milhões), um valor padrão para essas situações.

O Barcelona tem o costume de acertar prioridade de jogadores que considera promessas. Fez isso com Gerson e Marlon, do Fluminense, por exemplo. Ainda antes, adquiriu o direito de compra de Victor Andrade, Gabriel e Giva, todos do Santos, na negociação que levou Neymar à Espanha.

O problema, para os catalães, é que o Flamengo não está interessado, pelo menos por enquanto, em negociar a prioridade de Vinicius Junior. Ainda mais por valores abaixo do que imagina para operação deste nível. Recentemente, o ex-presidente Kleber Leite, em seu blog, falou sobre o assunto, relembrando a ideia do Manchester United em adquirir a prioridade de Vinicius Junior.

– O tema não foi adiante, pois, objetivo como sempre, Fred Luz, de cara, colocou para o representante do Manchester que a conversa futura só seria possível mediante depósito imediato de polpuda quantia – relatou.

Vinicius Junior se valorizou muito desde o início da temporada, com o vice-campeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior e o título do Sul-Americano sub-17 com a seleção brasileira neste fim de semana. Nas duas competições, o atacante do Flamengo se destacou e chamou atenção do futebol europeu. Mesmo assim, diz que quer cumprir o contrato com o Rubro-Negro.

Atualmente, a multa contratual de Vinicius Junior é de 30 milhões de euros (cerca de R$ 99 milhões). De acordo com a Lei Pelé, o valor para sair para equipes brasileiras só pode chegar a 2 mil vezes o salário do jogador. Recentemente, o Flamengo, também para se proteger, aumentou a multa rescisória do contrato de Felipe Vizeu para 70 milhões de euros (por volta de R$ 231 milhões) para times do exterior. 

A reportagem procurou o Flamengo para perguntar sobre o assunto, mas dirigentes não querem comentar o caso.

Lincoln também mobiliza Fla

Também com 16 anos, o atacante, destaque da Copa São Paulo de Futebol Júnior e do Sul-Americano sub-17 - foi vice-artilheiro com cinco gols (dois a menos que Vinicius), tem a atenção do Flamengo. O clube rubro-negro também quer valorizar Lincoln para não perdê-lo para europeus. A ideia é prorrogar a multa contratual do garoto.

Lincoln assinou contrato pelo mesmo período e nos mesmos moldes que Vinicius - com multa rescisória milionária.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2017/03/fla-ja-discute-novo-contrato-para-vinicius-junior-barca-quer-prioridade.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.