"Logicamente que os quatro grandes sempre estarão brigando. Com um fora, os outros três se beneficiarão. Os jogadores sabem da força do Botafogo. Se tivermos a felicidade de deixá-los fora com o nosso resultado, seria uma boa. Mas o campeonato é longo, está tudo em aberto, vamos tentar fazer um jogo forte. Estamos satisfeito com o que foi apresentado até agora, mas sabemos que podemos evoluir", disse o treinador, em entrevista ao ​Lance!.

Do outro lado, um técnico com uma trajetória similar à do comandante rubro-negro. Assim como Zé Ricardo, Jair Ventura começou nas categorias de base do Botafogo e foi acionado em um momento de necessidade do clube - e vem obtendo bons resultados.

"Não tinha muito contato com ele, somente quando fizemos um curso na CBF. Ele mostrou o que já vinha demonstrando na TV, que é um cara supercompetente e inteligente. Ele torce por mim, assim como torço por ele. Espero que a rivalidade fique fora do campo e que possamos fazer um grande jogo", concluiu Zé Ricardo.

Botafogo e Flamengo se enfrentam às 19h30 deste domingo, no Engenhão.