"Jogar lá contra a Chapecoense sempre foi complicado, sempre foi difícil. Lá, não tivemos numa noite muito inspirada. Não conseguimos fazer aquilo que estávamos acostumados a fazer. Trouxemos a decisão para a nossa casa. Espero que o estádio possa estar lotado, com o torcedor nos empurrando", disse o jogador, em entrevista ao ​Lance!.

Além de avançar na Sul-Americana, o Flamengo quer ganhar moral para a grande decisão da Copa do Brasil, no próximo dia 27, contra o Cruzeiro. No Maracanã, os times empataram em 1 a 1.

​​

​​