Fla se abstém, mas rivais votam em reeleição e atual presidente da Ferj continua no cargo

Fla se abstém, mas rivais votam em reeleição e atual presidente da Ferj continua no cargo

A  presidência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro continua sem mudança. Rubens Lopes foi eleito novamente o presidente da Ferj com 263 votos e comandará a entidade até 2023. Este será o terceiro mandato de Rubinho, que não contou com o apoio do Fla – se absteve -, mas Vasco, Fluminense e Botafogo foram à favor.

Entenda o estatuto:
Segundo o estatuto da Ferj, qualquer pessoa pode se candidatar ao cargo de presidente, desde que tenha os apoios necessários: três equipes das quatro divisões principais, três clubes amadores da capital e três ligas municipais. A chapa de Rubens Lopes, que recebeu o voto dos três grandes cariocas, é denominada “União do Rio de Janeiro”. Marcio Duba concorreu com a chapa “Renovação”.

Veja como foram os votos de cada divisão do Estadual:
Série A: Rubinho (10 votos), Marcio Duba (3) e uma abstenção (Flamengo).

Série B1 (segunda divisão): Rubinho (12 votos) e Marcio Duba (2).

Série B2 (terceira divisão): 10 votos para Rubinho.

Série C (quarta divisão): Rubinho (5 votos) e Marcio Duba (1).

Ligas municipais: Rubinho (42) e Marcio Duba (4). Dentro desta urna, está também o voto do representante do Sindicato dos Atletas.

Amadores da capital: Rubinho (16) e Marcio Duba (2).