| Futebol

Fla tem queda de aproveitamento, mas mantém gordura para "confusão"

Há quatro jogos sem vencer, time conquistou 28,5% dos pontos nos últimos sete contra 85,7% nos sete primeiros de Luxa. Matemática, no entanto, ainda é favorável

Bahia x Flamengo - Luxemburgo (Foto: Agência Estado)Luxemburgo quer Fla fora da "confusão", termo cunhado por ele próprio (Foto: Agência Estado)

A distância ainda é controlável, mas o Flamengo já volta a ver no retrovisor a palavra da moda no clube desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo: confusão. A gordura para a zona de rebaixamento, que chegou a ser de oito pontos, caiu para seis pontos depois da derrota por 2 a 1 para o Bahia, domingo, na Fonte Nova (confira a classificação do Brasileirão). Números que ainda não assustam, mas que ligam o sinal de alerta se levado em conta do desempenho recente da equipe: quatro partidas sem vencer, e apenas seis pontos conquistados nos últimos 21.

O Fla de Luxa começou avassalador no Brasileirão, venceu seis dos sete primeiros compromissos e deixou a lanterna para trás com 85,7% de aproveitamento. O triunfo sobre o Vitória, pela 18ª rodada, na mesma Salvador do revés para o Bahia, colocou o Rubro-Negro na nona colocação - a melhor até agora na competição -, com 25 pontos. A esta altura, o Criciúma, com 17, abria a zona da confusão. 

Sete partidas depois, os cariocas somaram apenas 28,5% dos pontos disputados (uma vitória, três empates e três derrotas) e contaram com tropeços dos rivais diretos para que a situação não ficasse complicada. Com 31 pontos, o Flamengo amanhece a segunda-feira na 12ª colocação, com seis pontos a mais que o Palmeiras, 17º. Apesar da queda de rendimento, Luxa acredita que a situação está sob controle:

Quando chegou aos 25 pontos, Fla registrou seu ápice na tabela, no nono lugar

- O Flamengo é assim, te bota no céu e no inferno em três, quatro jogos. Acho que está dentro de uma normalidade. Temos uma gordura para queimar, mas temos que terminar essa fase difícil da competição. Temos o Santos em casa, Figueirense fora, Cruzeiro... Agora, temos a Copa do Brasil agora para ver o que fazer.

A tranquilidade de Luxa tem muito a ver com a matemática utilizada por ele desde que assumiu o Flamengo. Na ocasião, o treinador disse que 50% dos pontos disputados seriam suficientes para evitar a queda para Série B, e assim tem sido. Em 14 jogos no Brasileirão, o Rubro-Negro tem aproveitamento de 57,1% com Vanderlei (sete vitórias, três empates e quatro derrotas).

Na Copa do Brasil, o Flamengo encara o América-RN na próxima quarta-feira, na Arena das Dunas, e no dia 15, no Maracanã. Já pelo Brasileirão, os próximos compromissos são diante de Santos, em casa, Figueirense, fora, e Cruzeiro, em casa. Faltando 13 jogos para o término da competição, o time precisa de ao menos cinco vitórias para se ver livre de vez da "zona da confusão".

Sete primeiros jogos de Luxa:
Botafogo - 1 x 0
Chapecoense - 0 x 1
Sport - 1 x 0
Coritiba - 1 x 0
Atlético-MG - 2 x 1
Criciúma - 2 x 0
Vitória - 2 x 1 

Sete últimos jogos:
Grêmio - 0 x 1
Goiás - 0 x 1
Corinthians - 1 x 0
Palmeiras - 2 x 2 
Fluminense - 1 x 1
São Paulo - 2 x 2
Bahia - 1 x 2

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.