A avaliação da cúpula do Fla é que dinheiro, nesse momento, não é a prioridade para o atleta - e a verdade é que o lado financeiro realmente não é o mais importante para Fred. Para alguém que está muito bem adaptado em Belo Horizonte e é ídolo do Fluminense, uma transferência para o rubro-negro teria, necessariamente, que passar por outros aspectos.

Por isso, o Flamengo quer vender o projeto de retorno ao Rio de Janeiro como um desafio esportivo, o último de uma carreira muito vitoriosa. E ser ídolo da maior torcida do Brasil em seus anos finais como atleta profissional é algo que anima bastante Fred, assim como a possibilidade de assinar um último grande contrato (até porque seu vínculo com o Galo não é muito longo e não deve ser renovado nas bases atuais. 

​​