| Futebol

Fla vai de time reserva e ataque Elton e Eduardo da Silva contra o Coritiba

Paulo Victor será o único do time titular escalado. Suspensos no Brasileiro, Everton e Wallace ficam no banco, e Cáceres, na seleção paraguaia, desfalca Fla por dois jogos

Elton, treino Flamengo (Foto: Mário Farache / Mowa Press)Após estrear contra o Vitória, Elton pode ser titular pela primeira vez no Fla (Foto: Mário Farache / Mowa Press)

A árdua tarefa de reverter a desvantagem de três gols na Copa do Brasil pode ficar por conta do time reserva do Flamengo. Priorizando o Campeonato Brasileiro, Vanderlei Luxemburgo treinou na véspera da partida contra o Coritiba com uma equipe praticamente de suplentes, na tarde desta terça-feira, no Ninho do Urubu. Paulo Victor foi o único do time titular escalado. Com isso, os recém-contratados Eduardo da Silva e Elton formariam a dupla de ataque, e na defesa, Samir ganharia nova chance na zaga depois de atuar improvisado na lateral esquerda no jogo de ida contra os paranaenses, quando seis jogadores foram poupados.

O time treinou com Paulo Victor, Frauches, Chicão, Samir e Jorge; Recife, Luiz Antonio, Mugni e Gabriel; Elton e Eduardo da Silva. Luxa, porém, não confirmou o time em entrevista coletiva após a atividade e disse que vai concentrar também os titulares, que ficaram na academia. Jorge, por exemplo - um dos três juniores chamados para completar o treino; os outros foram o também lateral Marquinhos e o zagueiro Rafael -, ficou fora da lista de relacionados. Assim como Wallace, que está suspenso no Campeonato Brasileiro e não enfrenta o Grêmio no sábado, mas o técnico quer observar substitutos. Quem também está fora é Cáceres, convocado para a seleção paraguaia e que desfalcará o Rubro-Negro das próximas duas partidas. Já o goleiro Felipe sofreu um trauma na mão esquerda e sequer participou dos últimos treinos.

Flamengo e Coritiba se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, valendo vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro precisa vencer por quatro gols de diferença para se classificar. Novo 3 a 0 a favor dos cariocas leva a decisão para os pênaltis.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.