FlaBasquete atropela o Bauru e conquista a quinta vitória seguida no NBB 10

FlaBasquete atropela o Bauru e conquista a quinta vitória seguida no NBB 10
Isso aqui é Flamengo! O FlaBasquete foi até São Carlos e atropelou a equipe do Bauru Basket por 97x71. Com um show coletivo, o time comandado pelo técnico José Neto mostrou muita consistência durante toda a partida e conquistou mais um belo resulatdo, que alavancou o Mais Querido para o segundo lugar na tabela. Marquinhos mais uma vez foi o cestinha rubro-negro com 21 pontos, seguido por Cubillan (17 pontos), JP Batista (12 pontos), Ramon (10 pontos). O ala-pivô Olivinha deixou mais um duplo-duplo com o Manto Sangrado (11 pontos e 11 rebotes), e também foi um dos nomes do jogo. Agora o Flamengo volta às quadras no sábado (23), às 14h, contra o Franca Basquete. 

Quer fazer a diferença nos esportes olímpicos do Flamengo e deixá-lo cada vez mais forte? Contribua, seja um Anjo da Guarda. Acesse o site especial do programa e saiba como participar.

A partida começou equilibrada, com diversas viradas no placar. O duelo que marcou o período foi entre JP Batista e Rafael Hettsheimeir. Com jogadas dentro do garrafão, os pivôs foram se destacando e deixando a partida emocionante logo de inicio. Ao apito, a equipe paulista terminou na frente por 19x14.

Na volta para o segundo quarto o Flamengo encaixou na partida e aí surgiu o nome do jogo: Marquinhos. O craque da camisa 11 converteu os doze pontos tentados no período, e juntamente com o jovem João Vitor, que também entrou bem em quadra, consolidaram a parcial do quarto em 30x20, totalizando e indo para o intervalo com o placar de 44x39 para o Mais Querido. 

No inicio do terceiro quarto o venezuelano David Cubillan mostrou suas credenciais para a torcida bauruense. O armador puxou o ritmo intenso do Flamengo, que também foi contagiado pela raça de Henrique Pilar, que entrou brigando por todas as bolas no garrafão e ajudando o FlaBasquete a se firmar cada vez mais na liderança da partida. 

No último período veio o atropelo. O Flamengo jogava cada vez melhor, e o Bauru não conseguia pontuar. Cubillan, que já estava fazendo uma partida brilhante, manteve a intensidade e o time paulista se rendeu as investidas do camisa 8. Com JP Batista e Olivinha doutrinando no garrafão, o Mais Querido nadou de braçadas até o estouro do relógio. Fim de papo, vitória por 97x71 e o pulo na tabela do Novo Basquete Brasil. 

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.