Diego tem como grande objetivo disputar a Copa do Mundo da Rússia, no ano que vem. E apesar de ser um dos principais goleiros da Espanha, sua atual equipe, o Valencia, considera que seu ciclo no clube acabou - o técnico fala abertamente que conta com outros dois nomes para a posição.

Com isso, visando manter-se atuando em alto nível, Diego acredita que o futebol brasileiro pode ser uma boa alternativa. Até porque, pelo menos até agora, as únicas equipes que formalizaram interesse são times de menor porte no futebol europeu. Clubes que são considerados uma vitrine menos positiva pelo jogador e seu estafe. 

Para acertar com o rubro-negro, Diego Alves teria de aceitar uma redução salarial considerável (seus vencimentos são de quase R$ 1 milhão no Valencia). Inicialmente, o arqueiro teria aceitado a condição e as tratativas devem evoluir nos próximos dias. 

​​