- Grande passo no sentido de estabelecer com as marcas uma parceria estratégica que vai além de um patrocínio de mídia. É uma parceria onde a gente ganha junto com o crescimento dos resultados do nosso parceiro. Trata-se de uma empresa que já está na Europa, em vários países. É um trabalho que vem sendo feito há alguns meses pelo nosso time de executivos, e acreditamos que é um marco não só na história do Flamengo, mas também na história do futebol brasileiro, porque é o maior patrocínio que a gente percebe na história do futebol brasileiro - explicou Daniel Orlean, vice-presidente de marketing rubro-negro. 

Inicialmente, no ano que vem, a marca da Carabao ficará nas mangas da camisa. A partir de 2018, a bebida energética substituirá a Caixa Econômica Federal como patrocinador master do clube. 

- É preciso destacar que, apesar de já termos firmado o acordo com o novo parceiro, ele só é valido mediante a aprovação do Conselho Deliberativo, que é soberano, e nós respeitamos a governança do clube - completou Orlean.