Flamengo: “Ações com sócios-torcedores atendem quase 1.300 torcedores na temporada regular do NBB”

Flamengo: “Ações com sócios-torcedores atendem quase 1.300 torcedores na temporada regular do NBB”

Os jogos do FlaBasquete na Arena Carioca 1 foram um sucesso durante a temporada regular. Com médias de 2.291 presentes nas doze partidas no ginásio, o Mais Querido conseguiu dar a volta por cima, perdeu apenas uma vez em 14 duelos no Rio de Janeiro e terminou a fase de classificação na primeira posição da tabela do Novo Basquete Brasil 10.

Quem também aproveitou as vantagens em casa foram os sócios-torcedores, que participaram de diversas experiências inesquecíveis e ficaram cada vez mais próximos do Orgulho da Nação. Somados aos dois confrontos mandados no Tijuca Tênis Clube – contra Caxias do Sul e Joinville -, o Flamengo atendeu 1.243 STs, trocou 487.700 pontos e promoveu mais de dez ações diferentes para a torcida.

Entre resgates de ingressos, desafios em quadra e Match Days, o Programa Nação Rubro-Negra apresentou formas diferentes de conectar o público apaixonado por basquete com os atletas em todas as partidas dentro de casa. Os STs puderam conhecer os jogadores, a Arena, ganharam prêmios e viveram o Flamengo de perto.

Com apresentação de Anderson Varejão e de outros atletas olímpicos para a Nação dentro da Arena Carioca 1, o Fla movimentou o Parque Olímpico de forma inovadora e fez o ginásio ferver a cada grande resultado conquistado. Em sua estreia no local, que foi diante do Vasco, o Mais Querido levou mais de 3.700 torcedores às arquibancadas, chegando a quase 4.000 diante do Campo Mourão, que marcou o primeiro jogo do camisa 17 e o maior público até agora.

Na reta final do NBB, o Orgulho da Nação precisará mais uma vez da força que só a Nação pode dar. Com ingressos a partir de R$10 e uma atmosfera diferente em casa, o Mais Querido busca mais uma taça da competição, a sexta da história, e a Arena Carioca pode continuar sendo mais um fator fundamental para isso.

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – thinkseg, Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.

Reprodução: Site do Flamengo