Flamengo aguarda documento da Udinese para liberar viagem de Vizeu

Flamengo aguarda documento da Udinese para liberar viagem de Vizeu

Felipe Vizeu não viajou para a Itália para conhecer as instalações da Udinese e fazer exame médico. O atacante tinha passagem agendada para a última quinta-feira, mas não recebeu a liberação do Flamengo. Isto porque, o clube da Gávea aguarda a última documentação vinda da Itália, que coloca no papel os valores que serão pagos pelo negócio.

Nas conversas da última semana, ficou estabelecido que a Udinese vai pagar cerca de R$ 6,5 milhões de dólares (R$ 20 milhões) para adquirir os direitos econômicos do jovem atacante. O Fla é detentor de 60% e vai levar cerca de R$ 12 milhões com a transação. Ficou acertado também que Vizeu viajará para se apresentar ao clube italiano em junho, durante a Copa do Mundo.

O Flamengo não autorizou a viagem do atleta devido a falta do papel que comprava a intenção de compra por parte dos italianos. Responsável pelas negociações por todo o mundo envolvendo a Udinese, o espanhol rafa Monfort, juntamente com o dono do clube italiano, Giampaolo Pozzo, já deram um parecer favorável do negócio ao Fla e aos agentes de Vizeu. Assim que esse documento chegar, o atacante vai viajar para o Velho Continente.

O acordo para a permanência de Vizeu até junho foi um pedido da diretoria do Flamengo. Isto porque no meio do ano a suspensão por doping de Paolo Guerrero encerra e o clube estuda a situação do veterano, que tem contrato até o dia 10 de agosto. Além disso, a janela de transferências da Europa também chegou ao fim.

Com essa breve indefinição, Felipe Vizeu pode virar opção para o técnico Paulo César Carpegiani n domingo, diante do Nova Iguaçu. Nessa partida, o treinador pretende usar força máxima. O jovem disputaria posição de titular com Henrique Dourado e os últimos treinos antes da partida vão definir como será o planejamento e o time titular que atuará nesta última rodada da fase grupos