Flamengo aprova emenda que restringe isenções de mensalidades de sócios

Conselheiros do Flamengo aprovaram, na noite desta segunda-feira, a Emenda da Isonomia. A proposta tem como principal objetivo redefinir isenções e benefícios das diferentes categorias de sócios do Quadro Social - sem afetar aqueles que já gozam do benefício adquirido de isenção.

A ideia é que o percentual de associados pagantes seja cada vez maior, reequilibrando o fluxo de caixa do clube social e possibilitando, desta forma, investimentos na melhoria da qualidade da sede e até mesmo redução da mensalidade.Os dependentes dos isentos passarão a pagar imediatamente e não haverá mais isenção na hereditariedade dos títulos adquiridos antes de 92. Eméritos, beneméritos e grandes beneméritos deixarão de ganhar um novo título, passando a ser apenas honorífico.

Alguns sócios reclamaram e cogitam entrar na justiça.