| Futebol

Flamengo avalia de forma positiva empate com o Palmeiras: ‘Ponto que fará a diferença’

flameng - Flamengo avalia de forma positiva empate com o Palmeiras: ‘Ponto que fará a diferença’

Se não teve o “cheiro” da liderança, o Flamengo esboçou sorte de campeão ao empatar com o Palmeiras ontem, por 1 a 1. Com um jogador a menos após a expulsão de Márcio Araújo ainda no primeiro tempo, Alan Patrick saiu do banco e quase foi o herói do jogo. Porém, Gabriel Jesus, que por pouco não jogou, empatou no fim.

O resultado deixa o Rubro-negro com 47 pontos, um a menos que os paulistas, com 48, na ponta. Domingo, o time pega o Figueirense.

- É um ponto que a gente ganha, não perde dois. Estaremos fortes na briga pela competição. Tem outras equipes candidatas. Queremos ficar no bolo, não deixar distanciar. Se a gente perde já seriam quatro pontos, mais de uma rodada. Mas o time foi guerreiro. A competição está em aberto — disse o técnico Zé Ricardo.

— Devido às circunstâncias foi um bom resultado. Esse ponto fará diferença. Ainda mais jogando contra o líder. Temos que valorizar. Time que quer brigar por título não pode perder. Poderia ter sido melhor, mas fomos guerreiros — afirmou Réver.

O jogo se desenhou de forma equilibrada até a expulsão. Depois que perdeu Márcio Araújo, o técnico Zé Ricardo tirou Diego e tentou manter a pegada com Cuéllar. No começo do segundo tempo, o Palmeiras dominou, e o treinador precisou corrigir a retranca.

Alan Patrick entrou no lugar de Gabriel, e não precisou de mais do que um toque na bola para abrir o placar aos 17 do segundo tempo.

Até aí, a dedicação do Flamengo na marcação era notável. De Leandro Damião, brigador na frente, até a defesa. Muralha parou Gabriel Jesus na primeira etapa, mas não conseguiu fazer o mesmo aos 37 minutos. O atacante fez jogada individual e acertou o canto, deixando tudo igual.

A entrada de Marcelo Cirino não surtiria efeito. O Palmeiras teve tempo de pressionar e chegar perto da vitória na bola aérea. Na base da vontade, o Flamengo se segurou até o fim.

— O gol nos deu tranquilidade mas sabíamos que a pressão seria grande. Soubemos suportar. mas infelizmente tomamos o gol, com um a menos, estamos de parabéns pela superação — declarou o meia Alan Patrick.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-avalia-de-forma-positiva-empate-com-palmeiras-ponto-que-fara-diferenca-20114731.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.