O primeiro nome testado diante dos catarinenses foi Matheus Sávio, que não agradou. Foi substituído no intervalo por Geuvânio, que não está inscrito no torneio mata-mata. Por outro lado, Lucas Paquetá vem acumulando boas atuações, mesmo em outra posição, e surge como a opção mais viável:

"O jogo de quarta é muito importante para gente. Vamos trabalhar até o dia do jogo. Até lá vamos ver quem estará à disposição. Everton está em processo de transição e ainda não sei se vai poder jogar. O tempo é curto, realmente, e não queremos correr risco de reincidir a lesão. Buscar alternativas, caso não possa (...) Temos algumas alternativas e uma é o Paquetá. Jogador de muita entrega e pode jogar por ali (esquerda) também. Vinicius é naturalmente da posição. Tem também o Mancuello, uma peça importante. O vejo como volante misto, por dentro, de boa técnica. Precisa de ritmo de jogo e sabemos que isso não é fácil. É uma boa possibilidade que temos também", enumerou o colombiano.

O resultado manteve o Rubro-Negro na quinta colocação, com 39 pontos, enquanto o Leão da Ilha subiu para o 12º lugar, com 30. Agora, o Fla volta todas as atenções à grande decisão da no Mineirão contra o Cruzeiro.