| Futebol

Flamengo cede empate ao Coritiba no Maracanã, decreta fim do ‘cheirinho’ e ainda não garante Libertadores

flameng - Flamengo cede empate ao Coritiba no Maracanã, decreta fim do ‘cheirinho’ e ainda não garante Libertadores

O cheirinho de hepta acabou. Virou frustração, vaias e gritos de time sem vergonha. O Flamengo não pode mais alcançar o Palmeiras após o empate com o Coritiba, ontem, no Maracanã. O placar de 2 a 2, depois de abrir 2 a 0, ainda adiou os planos de classificação direta para a Libertadores, já que o time não se garante no G-3 com os 67 pontos conquistados — Atlético-MG tem 62.

Após um começo de jogo arrasador, o Rubro-negro caiu de produção, e fez um segundo tempo completamente desorganizado depois da mudança de esquema tático, com a lesão de Gabriel, autor do primeiro gol. Diego fez o segundo, mas o Coritiba empatou com Amaral e Kleber Gladiador.

A vontade de não deixar o Palmeiras aumentar ainda mais vantagem na liderança fez o Flamengo abrir o placar cedo. Gabriel, de volta ao time, apareceu bem para escorar com categoria belo cruzamento de Everton, aos dois minutos. O time entrou com mobilização total e controlou as ações. De novo pela ala esquerda, Everton recebeu de Jorge, e o Flamengo ampliou com o passe do atacante para Diego escorar.

Em seguida, o Coritiba diminuiu (Amaral), após bola alçada na área e falta de atenção geral. Autor do primeiro gol, Gabriel sentiu dores na coxa e deu lugar a Mancuello no segundo tempo. Como em outras partidas, a mudança de peças e esquema tático não surtiram efeito. O Coritiba assustou. Muralha e Rafael Vaz salvaram arremates perigosos. O técnico Zé Ricardo tentou consertar o que tinha feito e botou Fernandinho, mas tirou Everton, que não entendeu a mexida. A torcida vaiou a substituição. O pior estava por vir. O Coritiba deixou tudo igual aos 42 minutos, com Kleber. Vaias e decepção.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-cede-empate-ao-coritiba-no-maracana-decreta-fim-do-cheirinho-ainda-nao-garante-libertadores-20507452.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.