Antes criticado pelo rubro-negros, o arqueiro ganhou uma 'trégua' depois de dois episódios: o editorial do jornal Extra e a lesão de Thiago, que coloca o camisa 38 como titular na final da Copa do Brasil, no próximo dia 27 de setembro.

"Parabéns para a torcida pelo carinho, respaldo e acompanhamento que deu ao time e ao Muralha. Muito gratificante, porque Muralha vem trabalhando muito bem e hoje teve a oportunidade de abraçar essa oportunidade. Toda a equipe o respaldou", afirmou o técnico Reinaldo Rueda, em entrevista ao site ​UOL Esporte.

Autor do primeiro gol do Flamengo, o peruano Paolo Guerrero também falou sobre o apoio da torcida a Muralha.

"Ele é um grande goleiro, a torcida deu moral. Ele vai retomar a confiança. Estamos felizes que a torcida o abraçou. Isso dá tranquilidade não só para ele, mas para todos", concluiu.

O Rubro-Negro volta a campo nesta quarta-feira, contra a Chapecoense, em busca de uma vaga nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana. Rueda não confirmou se Muralha seguirá como titular

​​