Flamengo confia em liberações de Love e Walace e não tem plano B no ataque

Flamengo confia em liberações de Love e Walace e não tem plano B no ataque

A palavra de ordem para contratações no Flamengo é cautela. A diretoria confia que as duas negociações em curso, para repatriar o atacante Vagner Love e o volante Walace, tenham um desfecho positivo, mas adota discurso pronto para não iludir o torcedor. Na prática, porém, um centroavante alternativo ainda não é pensado. O clube aposta que Love conseguirá deixar o Alanyaspor, mesmo com a negativa inicial para o empréstimo.

Caso as conversas na Turquia não avancem nos próximos dias - prazo que os representantes do jogador inicialmente estipularam - o Flamengo vai pensar em uma opção para Paolo Guerrero de um nível inferior. As alternativas no mercado nacional são de qualidade mais baixa, mas ficar apenas com os jovens Felipe Vizeu e Lincoln neste momento não é a ideia.

Em outra frente, a situação de Walace junto ao Hamburgo requer muita paciência. O clube alemão não tem facilitado as conversas, embora haja certo otimismo para o empréstimo por uma temporada. Nesse sentido, os representantes do jogador e do Flamengo na Europa trabalham as tratativas com calma e sem queimar etapas. Até agora, a liberação é tão incerta quanto a de Love, mas a expectativa por um final feliz é um pouco maior.

O diretor executivo Rodrigo Caetano e o vice de futebol Ricardo Lomba acompanham as negociações e tentam não fugir do orçamento do clube. Apesar disso impôem como condição para receber a dupla o período mínimo de um ano. Love e Walace já deixaram claro que querem jogar no Flamengo.

- No perfil de atletas que buscamos, nenhuma negociação é fácil. Ainda estamos buscando dois a três reforços, mas sem pressa, para que eles cheguem com a qualidade esperada - frisou o executivo.

As chegadas do zagueiro Pablo e de um lateral esfriaram. O ala Zeca não vem agora por conta de problemas na Justiça com o Santos. O zagueiro ex-Corinthians voltou ao Bordeaux, da França, que não acena ainda com a liberação. A ideia era que os reforços todos chegassem até o início da pré-temporada, mas o Flamengo apresentou apenas o atacante Marlos Moreno. Paolo Guerrero segue suspenso pela Fifa e o clube também suspendeu o contrato até o julgamento do doping no CAS (Corte Arbitral do Esporte).