| Futebol

Flamengo de Luxemburgo pulveriza tabus na luta contra o rebaixamento

Time marca seu primeiro gol fora de casa e encerra jejuns de dois gols em um jogo, de virada e de trinca no Campeonato Brasileiro sobre Sport, Coritiba e Atlético-MG

Vanderlei Luxemburgo Treino flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)Vanderlei Luxemburgo tem 80% de aproveitamento em cinco jogos (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Confiança tem sido a palavra da moda no Flamengo. Embalado por três vitórias consecutivas e quatro nos últimos cinco jogos, o Rubro-Negro segue o discurso de Vanderlei Luxemburgo de que seu "título" é evitar o rebaixamento. Mas é nítido no rosto de cada jogador que esta luta já é bem menos árdua. Reflexos de triunfos que trouxeram a reboque o fim de alguns jejuns incômodos nesta semana.

O Flamengo viajou para Curitiba na última sexta-feira como um time que ainda não tinha vencido fora de casa no Brasileirão e sequer marcado gols. O 1 a 0 no Couto Pereira matou "duas cobras com uma só porrada", como disse Luxa em entrevista coletiva. Já o 2 a 1 sobre o Galo pulverizou três marcadas bem incômodas: marcou dois gols em um jogo depois de quase quatro meses, virou uma partida após o mesmo período e conseguiu uma sequência de três vitórias na competição encerrando longo jejum de três anos (a vitória inicial da série foi por 1 a 0 sobre o Sport).

A última e única vez que o Flamengo tinha marcado mais de um gol neste Brasileirão tinha sido no distante 4 de maio, ao superar o Palmeiras por 4 a 2. Esta tinha sido também a vez solitária em que os rubro-negros tinham conseguido virar um placar. Na ocasião, Alecsandro (duas vezes), Márcio Araújo e Paulinho fizeram os gols. Já uma trinca de vitórias no  Brasileirão fazia mais tempo que não acontecia.

A última vez que o Flamengo tinha superado três adversários no campeonato de forma consecutiva também foi sob o comando de Vanderlei Luxemburgo: pelo Brasilerão de 2011. Na ocasião, superou América-MG, São Paulo e Fluminense. Marcas batidas e que colaboram para que o Rubro-Negro mantenha um dos tabus mais celebrados de sua história: nunca ter sido rebaixado para Série B.

Com 19 pontos, o Flamengo é o 13o colocado no Brasileirão, e encara o Criciúma, domingo, às 16h (de Brasília), no Heriberto Hülse, pela 16a rodada.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.