Flamengo e Vasco atrelados na última rodada da Taça Guanabara

Flamengo e Vasco atrelados na última rodada da Taça Guanabara

Enquanto o Flamengo entra em campo neste domingo já classificado para a semifinal da Taça Guanabara, o Vasco precisa de uma combinação de resultados para se manter vivo no primeiro turno do Campeonato Carioca. É justamente de uma vitória do arquirrival que o cruzmaltino depende para seguir para a próxima fase.

Com campanha folgada até agora, o time de Paulo César Carpegiani terá pela frente o Nova Iguaçu, no Mané Garrincha, em Brasília, às 17h. No mesmo horário, só que nem São Januário, a equipe de Zé Ricardo terá o Volta Redonda pela frente.

Se ambos vencerem, nada mudará para o rubro-negro, mas os vascaínos ficarão mais perto da classificação para a semifinal. Dependerão ainda de um empate entre Bangu e Cabofriense. Até mesmo se o time da Região dos Lagos vencer, o Vasco ainda conseguirá avançar de fase caso consiga uma vantagem de gols em seu jogo maior do que a da Cabofriense contra o alvirrubro.

Um mês depois do início da temporada na maioria dos clubes, os principais jogadores do Flamengo entram em ação neste domingo. A rodada final servirá para o rubro-negro descobrir quem será seu adversário na semifinal, vindo do Grupo C - isso porque seu primeiro lugar no Grupo B já está garantido.

Depois do clássico contra o Vasco, sábado passado, devem reaparecer na equipe os últimos titulares que não têm nenhuma questão física a corrigir. Os principais são o meia Diego, os zagueiros Réver e Juan, e o atacante Everton, que pode ser improvisado na lateral esquerda. Foi o que aconteceu no jogo-treino com o Bonsucesso, disputado na quarta-feira. Paulo César Carpegiani esboçou time ideal com Everton Ribeiro, Vinicius Junior e Lincoln no ataque — Henrique Dourado não tem condição de jogo.

Estreantes em São Januário

Já o Vasco, dividido entre o Campeonato Estadual e a Libertadores, espremido pelo calendário apertado do futebol brasileiro, precisou de apenas cinco jogos em 2018 para colocar em campo nada menos que 27 jogadores. Hoje, contra o Volta Redonda, deverá promover a estreia de mais dois nomes: o zagueiro Werley e o lateral-esquerdo Fabrício, ambos contratados pela diretoria para esta temporada.

Eles pegarão o vácuo deixado pela decisão do técnico Zé Ricardo de poupar os jogadores que golearam a Universidad de Concepción, do Chile, quarta-feira passada. Mas no caso da dupla, a condição de reserva pode ser temporária. Com passagens por grandes clubes no currículo, deverão brigar por espaço entre os 11 que iniciam os jogos. Ameaçam as pratas da casa Ricardo Graça e Henrique.

— Não podemos pensar nos outros resultados, temos que procurar fazer o nosso papel em casa — destacou o volante Andrey, titular hoje. — Somente depois, com a vitória garantida, que vamos procurar saber o que aconteceu nas outras partidas da rodada.

NOVA IGUAÇU X FLAMENGO

Nova Iguaçu: Jefferson, Daniel Damião, Raphael Azevedo, Murillo Henrique, Lucas, Paulo Henrique, Caio Cezar, Jonathan, Wescley, Robinho, Adriano.

Flamengo: César, Pará, Juan, Rhodolfo, Everton (Trauco); Jonas, Rômulo e Diego; Everton Ribeiro, Lincoln e Vinicius Junior.

Juiz: Alexandre Vargas.

Local: Mané Garrincha (DF).

Horário: 17h

Transmissão: TV Globo e Rádios Globo e CBN.

VASCO X VOLTA REDONDA

Vasco: Gabriel Félix, Rafael Galhardo, Paulão, Werley e Fabrício; Bruno Paulista, Andrey, Thiago Galhardo, Rildo e Caio Monteiro; Riascos.

Volta Redonda: Borges, Ronaldo, Costa, Daniel e Paulo; Barra, Marcelo e Vinícius Pacheco; Fabinho, Anselmo e Baiano.

Juiz: Pathrice Wallace Correa.

Local: São Januário.

Horário: 17h.

Transmissão: Premiere e Rádio Globo.