| Futebol

Flamengo empata com Coritiba e dá adeus ao sonho de título

O Flamengo perdeu a chance de reassumir a vice-liderança ao empatar por 2 a 2 com o Coritiba, neste domingo, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegam a 67 pontos, saem de vez da briga pelo título e ainda não se garante na Fase de Grupos da Libertadores. Já os paranaenses, com 46, abrem mais um pouco a distância para a zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi muito movimentado, com o Flamengo abrindo o placar com Gabriel. Ainda na etapa inicial, os rubro-negros ampliaram com Diego, mas viram o Coritiba diminuir no fim, com Amaral. Na etapa final, as duas equipes desperdiçaram diversas oportunidades, mas os paranaenses conseguiram chegar ao empate nos minutos finais, com Kleber Gladiador.

Na próxima rodada, o Flamengo terá o confronto direto pela vice-liderança contra o Santos, no próximo domingo, no Maracanã. Na segunda-feira, o Coritiba terá duelo direto contra a degola contra o ameaçado Vitória, no Couto Pereira.

O jogo – O Flamengo começou tudo a partida e abriu o placar logo aos dois minutos. Márcio Araújo cruzou pela esquerda e achou Gabriel livre. O atacante finalizou de primeira, sem chance para Wilson.

O gol empolgou a torcida e fez os rubro-negros seguirem no ataque. Tanto que aos quatro minutos, Márcio Araújo tabelou com Diego, mas se desequilibrou no momento da finalização e permitiu a zaga do Coritiba tirar o perigo.

Aos poucos, o Coritiba melhorou a marcação e conseguiu impedir a criação de boas jogadas por parte dos donos da casa. Mesmo assim, o Flamengo controlava a posse de bola e não permitia aos visitantes tocar a bola no setor ofensivo. Os paranaenses só tiveram sua primeira chance aos 19 minutos. Kleber foi lançado na área, levou a melhor sobre Réver, mas chutou em cima de Alex Muralha.

O lance animou o Coritiba, que equilibrou o jogo e passou a chegar com mais intensidade ao ataque. Os paranaenses quase empataram aos 26 minutos, quando Raphael Veiga cobrou falta na área, Ney cabeceou, mas viu Alex Muralha salvar os donos da casa.

Quando os visitantes conseguiram ser mais perigosos, o Flamengo tratou de se impor e chegou ao segundo gol, aos 28 minutos. Em contra-ataque rápido, Everton cruzou pela esquerdo e encontrou Diego na área. O meia finalizou com força, sem chance para Wilson.

Após o segundo gol, o Flamengo diminuiu o ritmo e passou a tocar mais a bola. O Coritiba sentiu o novo revés e pouco produziu no ataque. O jogo só voltou a ter emoção nos minutos finais. Os rubro-negros ainda tiveram a chance de marcar o terceiro, aos 41. Guerrero recebeu passe na área, dominou e tocou de calcanhar para William Arão. O volante chutou em cima de Wilson.

Só que no minuto seguinte, o Coritiba marcou seu gol no Maracanã. Após cobrança de escanteio, Kazim acertou o travessão. No rebote, Amaral só teve o trabalho de tocar para a rede. Assim, os paranaenses foram para o intervalo com a desvantagem mínima no placar.

No segundo tempo, após um início sem muita emoção, o jogo mudou radicalmente depois dos dez minutos. Aos 12 minutos, Guerrero recebeu passe na área, dominou a bola, mas chutou para fora. No minuto seguinte, o Coritiba desperdiçou grande oportunidade. Primeiro, Kazim chutou, mas Jorge salvou antes da linha. No rebote, foi a vez de Leandro finalizar, mas Alex Muralha fazer grande defesa.

As duas equipes continuavam em busca do ataque e aos 17 minutos, Guerrero acertou o travessão após aproveitar cobrança de escanteio. Só que o Coritiba respondeu novamente no minuto seguinte. Márcio Araújo recuou mal, Muralha foi obrigado a salvar de carrinho antes de Raphael Veiga chegar. Só que no rebote, Kleber chutou cruzado, o goleiro flamenguista espalmou e bola ainda bateu no travessão.

O Flamengo pressentiu o perigo e tratou de diminuir o ritmo com muito toque de bola. Mesmo assim, os rubro-negros continuavam com a vocação ofensiva e aos 31 minutos quase chegaram ao gol em chute de Diego que parou em boa defesa de Wilson. Já aos 38, foi a vez de Fernandinho finalizar para grande defesa do goleiro paranaense.

Nos minutos finais, o panorama da partida permaneceu o mesmo. O Flamengo perdeu mais uma chance de marcar aos 40 minutos. Guerrero foi lançado pela esquerda e cruzou para Fernandinho, mas o atacante chutou pela linha de fundo. O Coritiba parecia sem força, mas conseguiu chegar ao empate aos 42. Kleber foi lançado na área e chutou no canto, sem chance para Alex Muralha para dar números finais a partida.

FICHA TÉCNICA FLAMENGO 2 X 2 CORITIBA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 20 de novembro de 2016 (Domingo) Horário: 19h30(de Brasília) Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Pablo Almeida da Costa (MG) Renda: R$ 1.567.534,00 Público: 35.066 pagantes Cartões amarelos: Rafael Vaz (Flamengo); Leandro e Amaral (Coritiba) Gols: FLAMENGO: Gabriel, aos 2min do primeiro tempo; Diego, aos 28min do primeiro tempo CORITIBA: Amaral, aos 42min do primeiro tempo; Kleber Gladiador, aos 42min do segundo tempo

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Rafael Vaz, Réver e Jorge; Márcio Araújo (Felipe Vizeu), Willian Arão, Diego, Gabriel (Mancuello) e Everton (Fernandinho); Paolo Guerrero Técnico: Zé Ricardo

CORITIBA: Wilson, César Benítez (Carlinhos), Nery, Juninho e Walisson Maia; Amaral, Yan Sasse e Raphael Veiga (Yago); Leandro, Kazim (Vinícius) e Kleber Gladiador Técnico: Paulo César Carpegiani

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-brasileiro-serie-a/flamengo-empata-com-coritiba-e-da-adeus-ao-sonho-de-titulo/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.