Flamengo encaminha acordo para voltar a jogar no Maracanã

Flamengo encaminha acordo para voltar a jogar no Maracanã

A diretoria do Flamengo segue trabalhando no sentido de construir um acordo para poder utilizar o Maracanã nos próximos anos. Um acerto entre o clube e o consórcio que administra o estádio era tido como pouco provável há algumas semanas. Porém, o bom público presente em jogos recentes do time, como nas vitórias de 2 a 0 sobre América-MG e Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, animaram as partes.

O consórcio ficou impressionado com a grande presença de torcedores no treino aberto antes do empate por 1 a 1 com o Independiente Santa Fe da Colômbia pela Copa Libertadores. Quase cinquenta mil foram acompanhar a atividade em um dia útil na parte da tarde.

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

A questão financeira já foi solucionada, com as partes aceitando os percentuais e chegando a um acordo sobre as despesas com a estrutura. Resta agora um acerto em relação ao tempo de contrato. O consórcio gostaria de algo a longo prazo, válido por pelo menos quatro anos. Já o presidente Eduardo Bandeira de Mello, como vai deixar o cargo no fim do ano, por conta das eleições no clube, queria assinar apenas até dezdembro.

Caso todas essas questões sejam resolvidas, Bandeira de Mello vai apresentar ao seu Conselho Deliberativo as bases do acordo para aprovação. A ideia é que o caso seja concluído, e de forma satisfatória, até o fim deste mês.

O Maracanã, por sinal, será o palco do próximo duelo do Flamengo. Nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), o Rubro-Negro faz o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra a Ponte Preta. Por ter vencido o jogo de ida, a equipe carioca possui a vantagem do empate, enquanto a Macaca precisa de um triunfo por dois gols de diferença para garantir a classificação. Nessa temporada, não existe o critério do gol qualificado, o que faz do confronto ser decidido nas cobranças de pênalti com qualquer vitória da Ponte por um gol.