| Futebol

Flamengo espera dificuldades contra Furacão e se preocupa com gramado

flameng - Flamengo espera dificuldades contra Furacão e se preocupa com gramado

Com a CBF tendo confirmado a última rodada do Campeonato Brasileiro para o próximo domingo, às 17h (de Brasília), o Flamengo inicia a semana se preparando para o confronto com o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba. Os flamenguistas vivem a expectativa de um confronto muito complicado, pois o adversário precisa do resultado para garantir uma vaga na próxima Copa Libertadores. Além disso, o fato de os paranaenses mandarem seus jogos em um gramado sintético também é visto como mais um obstáculo a ser superado.

“Sabemos que vai ser um jogo complicado por conta da qualidade do Atlético-PR e também por causa do gramado ser diferente daquele que a gente está acostumado a jogar. Mas temos que encarar a partida e fazer o nosso melhor em busca de um resultado positivo. O Flamengo quer terminar o Campeonato Brasileiro na segunda colocação e, para isso, precisa superar qualquer obstáculo”, disse o volante Willian Arão.

Grama sintética da Arena da Baixada preocupa o Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Divulgação)

“Não vai ser um jogo fácil porque o Atlético-PR é um time muito forte dentro de casa e isso é refletido nos seus números como mandante neste Campeonato Brasileiro. O fato de ser um gramado em que o adversário está mais acostumado logicamente que também acaba pesando um pouco contra a nossa equipe. Mas vamos trabalhar no sentido de conseguir uma vitória para fecharmos o ano de maneira positiva”, completou o zagueiro Revér.

Leia mais:

Diretoria do Flamengo estuda cancelar participação na Copa Flórida

Diretor de futebol do Fla admite pausa no planejamento para 2017 após tragédia

Para este jogo, o técnico Zé Ricardo não vai poder contar com o zagueiro Rafael Vaz, que está com uma lesão no ombro esquerdo, e com o meia Diego, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebido na vitória de 2 a 0 sobre o Santos. Assim, Juan deve compor a defesa com Réver, enquanto a vaga no meio segue em aberto.

Dentre os reservas, o meia Chiquinho, que vinha atuando de maneira improvisada na lateral esquerda, também fica de fora por conta de uma apendicite. A definição da formação que vai a campo começa a acontecer a partir do treino previsto para a manhã desta terça.

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/flamengo/flamengo-espera-dificuldades-contra-furacao-e-se-preocupa-com-gramado/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.