Flamengo fala sobre ofensa racial sofrida por Vinicius Jr. 'O drible tem que ser no ódio'

Flamengo fala sobre ofensa racial sofrida por Vinicius Jr. 'O drible tem que ser no ódio'

Vinicius Jr. foi o principal alvo da torcida do Botafogo no clássico contra o Flamengo, no sábado, que terminou com a vitória do Rubro-Negro por 1 a 0, no Nilton Santos, pela Taça Rio. Na tarde deste domingo, o Twitter oficial do Flamengo publicou uma mensagem contra o racismo justamente porque o camisa 20 foi vítima de ofensa racial por parte de uma torcedora do Alvinegro, além de ter sido xingado nas arquibancadas.

"O drible tem que ser no ódio. A pedalada é pra cima da discriminação. A rabiscada é para cima dos preconceituosos. E o cartão vermelho é para os racistas infiltrados no futebol e em toda a nossa sociedade", disse a rede social do clube.

Expulso com apenas dez minutos em campo, aos 36 minutos do segundo tempo, Vinicius Jr. deixou os torcedores alvinegros felizes e ao mesmo tempo hostis. No momento em que o jovem de 17 anos deixava o gramado do Nilton Santos, vários alvinegros xingaram, cuspiram e fizeram gestos obscenos para o camisa 10. Uma senhora cometeu racismo contra o atleta, chamando-o de “viado, neguinho safado”.

(VEJA AQUI O VÍDEO COMPLETO)

As câmeras do canal de TV Sportv flagraram o momento em que Vinicius Júnior era xingado por vários torcedores, inclusive pela mulher. Por leitura labial, é possível compreender nitidamente as ofensas feitas ao camisa 20. Nas redes sociais, os rubro-negros compartilharam as imagens e recriminaram o ato de racismo sofrido pelo jovem jogador.

Um torcedor jogou um copo no atacante e foi logo identificado por stwards, que avisaram para polícia. Segundo a "Rádio Globo", o alvinegro confessou que atirou o objeto e disse que não se arrependia.