| Futebol

Flamengo fará nova estrutura para profissionais em seu CT, no Ninho; confira fotos e motivos

Rubro-Negro vai utilizar recursos advindos da negociação comercial do Morro da Viúva

flameng - Flamengo fará nova estrutura para profissionais em seu CT, no Ninho; confira fotos e motivos

Mesmo com uma estrutura pronta para os profissionais no seu centro de treinamento, o Ninho do Urubu, em Vargem Grande, o Flamengo decidiu ir além. Dirigentes rubro-negros visitaram CTs do Manchester United, da seleção inglesa e do Chelsea, e optaram por fazer novos módulos para os atletas e comissão técnica, numa espécie de segunda etapa das obras, visando atingir o padrão europeu. Os trabalhos de construção terão início ainda neste mês e têm término previsto para dezembro de 2018. O clube ainda está fazendo o detalhamento orçamentário dos custos. 

O vice-presidente de patrimônio do Flamengo, Alexandre Wrobel, disse ao LANCE! que a nova estrutura ficará próxima à entrada do CT, onde hoje estão instalados os garotos das categorias de base. Aliás, os novos talentos do clube também podem comemorar, pois vão herdar os módulos que hoje são usados pelos profissionais. 

O dirigente explicou, ao site oficial do clube, os motivos que levaram o Flamengo a optar por fazer novas obras.

- Desde que finalizamos as obras dos módulos do futebol profissional, em dezembro do ano passado, começamos a estudar e detalhar, de forma mais profunda, a 2ª etapa das obras, que a princípio seria voltada para as categorias de base. Estudamos e visitamos os melhores centros de treinamento, conversamos com todos os profissionais envolvidos, aprendemos com os erros e acertos da primeira fase, e chegamos à conclusão de que a estrutura atual atenderia de forma espetacular a base, sem nada parecido no Brasil, e de que poderíamos, no novo projeto, buscando a excelência, oferecer uma estrutura ainda melhor para o futebol profissional, fazendo algumas coisas a mais que não foram possíveis nessa primeira etapa - disse Wrobel.

Os recursos usados nas obras serão advindos da negociação do Morro da Viúva, no Aterro do Flamengo. Recentemente, a empresa Riz Cyrela venceu a licitação para ficar com o imóvel na Zona Sul do Rio. A permuta com torna (troca com compensação financeira) ainda precisa ser avaliada por alguns poderes do clube, mas está encaminhada e é dada como certa.

- Importante destacar que esse upgrade, esse salto de qualidade, só foi possível em função dos valores alcançados na negociação envolvendo o Morro da Viúva, transação essa que ainda deverá ser aprovada pelos conselhos do clube, na forma estatutariamente prevista. Não existe, em termos de categorias de base, nada parecido com a estrutura que será herdada. No final das contas, teremos o melhor dos dois mundos. Base e profissional! - explicou Wrobel ao site oficial do Flamengo.

Wrobel disse ao LANCE! que as novas obras no CT não tem relação com a quantia recebida pelo clube pela venda de Vinicius Júnior, que renderá, ao todo, cerca de R$ 164 milhões.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/decide-fazer-nova-estrutura-para-profissionais-ninho-confira-fotos-motivos.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.