| Futebol

Flamengo fará reconhecimento de terrenos para não ficar refém de indefinição no Maracanã

Rubro-Negro mantém Maracanã como prioridade, mas se movimenta para não correr o risco de ficar novamente sem 'casa' em 2017, assim como nesta temporada

flameng - Flamengo fará reconhecimento de terrenos para não ficar refém de indefinição no Maracanã

Em meio à indefinição sobre o futuro do Maracanã, o Flamengo vem se movimentando para não correr o risco de ficar novamente sem 'casa' em 2017. O clube trata o Templo do Futebol como prioridade, mas tem como plano 'B' a construção de um estádio próprio. Especula-se que a empresa Lagardère possa assumir a concessão da Odebrecht no Maraca, o que não é de interesse do clube. O Rubro-Negro quer ser protagonista na gestão, conforme já afirmou o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Nesta quarta-feira, dirigentes rubro-negros vão sobrevoar terrenos que podem receber o estádio próprio. Os donos destas áreas estão interessados no Edifício Hilton Santos, antiga sede do Flamengo, no Morro da Viúva, e propuseram trocas. 

A movimentação do Flamengo pressiona o Governo Estadual a se posicionar oficialmente sobre o caso. O Rubro-Negro afirma publicamente que tem capacidade de gerir e investir no estádio. 

Sem 'casa' em boa parte deste ano, o time da Gávea só voltou ao Maracanã recentemente, mas ainda não venceu no estádio. Foram dois empates, em duelos contra Corinthians e Botafogo.

BANDEIRA CONFIANTE

O presidente Eduardo Bandeira de Mello segue confiante na abertura do processo de licitação do Maracanã. O clube recebeu a informação de que isso aconteceria até março de 2016. Apesar do otimismo, o mandatário rubro-negro 

- A torcida do Flamengo pode ter certeza que não estamos parados. Estamos trabalhando com a possibilidade de ter o Maracanã em caráter definitivo, mas também estamos trabalhando em planos 'B', 'C', 'D'... - disse Bandeira em entrevista ao Esporte Interativo.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/fara-reconhecimento-terrenos-para-nao-ficar-refem-indefinicao-maracana.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.