| Futebol

Flamengo iguala sua maior invencibilidade do ano

Time não perde há sete jogos, e próximas sete partidas prometem ser ainda mais difíceis

flameng - Flamengo iguala sua maior invencibilidade do ano

De 17 de fevereiro a 12 de março, o Flamengo conseguiu uma sequência de sete jogos invicto — só um deles foi empate — entre o Carioca e a Primeira Liga. À época, Muricy Ramalho era o técnico, e Wallace, o capitão, mas talvez a principal diferença estivesse do outro lado do campo. Com exceção de América-MG, Fluminense e Figueirense, da Série A, os outros adversários eram equipes frágeis, como Cabofriense, Resende, Bangu e Madureira, a última vitória, por 1 a 0, conquista com gol de pênalti de Emerson Sheik. A boa sequência acabou contra o Confiança na Copa do Brasil, com a derrota de 1 a 0.

Contra o Palestino, no Chile, Sheik — que não marcava desde aquela vitória sobre o Madureira — voltou a balançar as redes. Ele fez o gol da vitória que garantiu sétima partida da nova série invicta, igualando a sequência do início do ano. Assim como aconteceu na vez anterior, só um dos jogos foi empate, justamente contra o Palmeiras, rival direto pelo título brasileiro. Dessa vez, no entanto, a diferença de qualidade dos adversários é notável, todos times de primeira divisão: Chapecoense, Figueirense (duas vezes), Ponte Preta, Vitória e Palestino-CHI.

PRÓXIMOS SETE JOGOS

Nas próximas sete partidas, o Flamengo terá uma sequência ainda mais difícil do que as duas em que passou invicto. Dos jogos em casa, apenas contra o Cruzeiro, neste domingo, e Palestino, pela Sul-Americana, na quarta-feira, já têm local confirmado: o Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES). Além deles, a equipe enfrenta São Paulo (fora), Santa Cruz (casa), Fluminense (fora), Internacional (fora) e Corinthians (casa).

Contra o Cruzeiro, apesar da tradição do adversário, o rubro-negro enfrentará um time em má fase no Brasileiro. Após a equipe se acertar com a chegada de Mano Menezes, as vitórias pararam de chegar. Nas últimas três partidas na competição, foram duas derrotas e um empate que colocaram o time numa zona de muito perigo. Com derrota no domingo e vitórias de adversários diretos, o time mineiro corre risco de ficar entre os quatro últimos colocados do Brasileiro.

Na partida, o Flamengo não terá Leandro Damião, que, com lesão muscular na coxa esquerda, pode ficar fora até mesmo do segundo jogo contra o Palestino.

DERROTA PARA O TIME DE ZICO

Ontem, Damião não participou do jogo-treino contra o Goa, da Índia. O time treinado por Zico venceu por 1 a 0. Apesar de elogiado por Zé Ricardo, Sheik não deve jogar domingo.

— O Emerson estava há um tempo sem jogar. Conto com todos, o Flamengo tem plantel grande, e a meritocracia faz atleta jogar mais ou menos. Falei ao Sheik que tenho total confiança nele — afirmou.

Contra o Cruzeiro, jogadores poupados na quarta-feira, como Pará, Réver, Willian Arão, Diego e Gabriel devem voltar ao time. Mesmo com desfalques, o técnico comemorou a atuação no Chile:

— Espero ir bem longe nessa Sul-Americana. Temos condição de fazer uma grande competição. É um caminho que podemos aproveitar. Em toda a partida o desafio é grande.

Fonte: http://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-iguala-sua-maior-invencibilidade-do-ano-20163966

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.