Flamengo já tem esqueleto de novo módulo do CT profissional de pé

Flamengo já tem esqueleto de novo módulo do CT profissional de pé

O novo módulo profissional do Centro de Treinamento do Flamengo já está de pé. Depois de fazer o estaqueamento, a construção atingiu a etapa de fundação e estrutura, que já pode ser vista no Ninho do Urubu.

— A obra está voando — garantiu o vice de patrimônio Alexandre Wrobel.

No local, até o fim do ano, os atletas terão à disposição uma estrutura com 42 suítes, sendo 36 individuais e seis duplas, salas de preparação física e hidroterapia com pé-direito duplo e vista para o campo.

Além disso, academia de musculação com mais de 700 m², dois auditórios com capacidade para 50 pessoas cada, refeitório, integração direta da equipe técnica com a área de preparação física dos jogadores e praça de convívio para os jogadores e comissão técnica.

O contrato assinado com a Lafem Engenharia prevê a conclusão das obras até dezembro deste ano. O clube conta com o espaço para a pré-temporada de 2019. A velocidade da obra se deve principalmente ao acordo pela venda da sede do Morro da Viúva. O CT novo custará R$ 26 milhões.

O prédio terá dois pavimentos, com área total de 5 mil m², com acessos independentes para jogadores, comissão técnica e imprensa.